RSS
email

PASTELARIA PAZ

NOVANET

Augusto Pinz

Em ano de eleição, a mentira tem perna curta...

Em ano de eleição, a mentira tem perna curta, mas pode gerar um dano irreparável ao equilíbrio da disputa. Por isso, há leis e normas eleitorais que buscam impedir a disseminação de notícias falsas capazes de comprometer o processo eleitoral ou interferir na liberdade de escolha do eleitor. E atenção, pois quem produz ou compartilha essas mentiras pode ser responsabilizado.


Em outubro, o Tribunal Superior Eleitoral atendeu o pedido do Ministério Público Eleitoral para cassar o diploma de deputado estadual de Francisco Francischini (PSL/PR), pela disseminação de mentiras sobre o processo eleitoral. No dia da eleição de 2018, antes de terminar a votação, ele fez uma live na sua página do Facebook afirmando, sem provas, que urnas eletrônicas haviam sido fraudadas.




A transmissão alcançou mais de 70 mil internautas. O Tribunal declarou o político inelegível por 8 anos, pois entendeu que houve uso indevido dos meios de comunicação e abuso de poder político.

#MPF  #MPEleitoral #TSE #diadamentira #fakenews #eleições #político


Bookmark and Share

0 comentários: