RSS
email

PASTELARIA PAZ

NOVANET

Augusto Pinz

Reunião entre Defensoria e CEEE Equatorial sobre reclamações dos consumidores


Em reunião com representantes da CEEE Equatorial na tarde desta quinta (10), a Defensoria Pública do RS solicitou à empresa um plano estruturado – de curto, médio e longo prazo – para solucionar as recentes reclamações de clientes por falta de energia elétrica e dificuldades de contato com a concessionária. Um relatório com as medidas concretas deve ser entregue nos próximos dias.

Segundo os representantes, a impossibilidade de poda específica de algumas árvores na cidade de Porto Alegre, a estrutura técnica encontrada na CEEE e os eventos climáticos extraordinários em sequência (três em março e dois em janeiro, com registro de ventos que chegaram a quase 100km/h) seriam as principais causas para a interrupção do serviço nos últimos dias. Além disso, os técnicos da empresa esclareceram que teria havido falha no sistema responsável pelo site, serviço de SMS e gestão de equipes para atendimento às intercorrências, o que explicaria a dificuldade da população para entrar em contato com a concessionária e o tempo mais elevado para atendimento destas demandas. 

Entre as melhorias apresentadas pela Equatorial, está o aumento de 22% do número de funcionários desde que a empresa assumiu a concessão, incluindo neste percentual a equipe de poda e de atendimento às intercorrências. Os técnicos ainda afirmaram que a troca de postes (atualmente, 74% deles ainda são de madeira), a automação da estrutura e a manutenção corretiva também estariam nos planos da distribuidora.

O encontro ocorreu na sede da Defensoria Pública, no centro de Porto Alegre, com participação do dirigente do Núcleo de Defesa do Consumidor e Tutelas Coletivas (NUDECONTU), Rafael Pedro Magagnin.

Quem teve prejuízos com a queda de energia, como perda de itens perecíveis ou queima de aparelhos eletrônicos, pode entrar em contato com a Defensoria Pública pelo e-mail nudecontu@defensoria.rs.def.br, informando nome completo, número da instalação (unidade de consumo) e um breve relato sobre a situação enfrentada. A instituição buscará o ressarcimento ou indenização dos prejuízos diretamente junto à concessionária.


Saiba mais em www.defensoria.rs.def.br


Bookmark and Share

0 comentários: