RSS
email

PASTELARIA PAZ

NOVANET

Augusto Pinz

Mais um passo rumo a classificação do tabaco no galpão

 Foi aprovado hoje, terça-feira (15), na Comissão de Constituição de Justiça da Assembleia Legislativa o Projeto de Lei 204/15 que prevê que a classificação do fumo seja feita nas propriedades rurais. Atualmente, a classificação é realizada nas empresas. 

Foram 7 votos a 4 pela aprovação do relatório da deputada Juliana Brizola (PDT), ao Projeto de Lei de  autoria do deputado estadual Zé Nunes (PT), que prevê que a classificação do fumo seja feita nas propriedades dos agricultores, para a comercialização.

A Fetag-RS defende que a classificação aconteça sempre nas propriedades, pois ao ser realizada na sede da indústria, na grande maioria dos casos o produtor acaba sendo prejudicado, pois ele não consegue acompanhar o processo de análise da forma como deveria em virtude muitas vezes da distância.

Com a classificação sendo realizada na propriedade, o que já aconteceu em outras safras em situações pontuais, o produtor consegue participar ativamente da classificação e obter melhores preços pela sua produção. Nos últimos anos, a cultura vem sendo fortemente afetada pela alta nos custos de produção e pela desvalorização que sofre por parte das indústrias, que não reconhecem o esforço das famílias que se dedicam a atividade.

Para o presidente da Fetag-RS, Carlos Joel da Silva, “a aprovação na comissão é mais um passo dado na busca por uma classificação justa pelo tabaco, que valorize o produto e o(a) agricultor(a). Seguiremos acompanhando e cobrando para o projeto seja aprovado logo no plenário da Assembleia Legislativa”.


Bookmark and Share

0 comentários: