RSS
email

PASTELARIA PAZ

NOVANET

Augusto Pinz

Ex-líder antivacina muda de idéia e defende vacinação na Itália

 Durante dois anos, o médico italiano Pasquale Bacco, que está com sua licença suspensa por seis meses, foi um opositor fervoroso das vacinas contra a Covid-19. Isso até ver um jovem de 29 anos, que tinha salvos no celular vídeos do profissional em manifestações antivacina, morrer devido a uma infecção pelo coronavírus. "Sinto que essa morte foi culpa minha", disse Bacco, hoje imunizado, ao jornal italiano Corriere della Sera. "Para mim, não era uma crença. Quando vi a realidade com meus próprios olhos, me dei conta de que estava equivocado." Na Itália, 83,7% já tomaram ao menos uma dose da vacina contra a Covid, 77,6% estão com esquema completo, e 59,8% já receberam a dose de reforço, segundo a plataforma Our World in Data. Uma pesquisa do instituto Ipsos publicada no fim de janeiro mostra que, entre os entrevistados que não receberam nenhuma injeção (8,5% da amostra), 48% diziam ter certeza que não serão vacinados e 38% se declaram convencidos de ter que se opor a todo custo. Era a essas pessoas que Bacco se dirigia nas centenas de reuniões e protestos de que conta ter participado. "Íamos às praças e, quando falávamos, sabíamos que as pessoas queriam ouvir coisas fortes", lembra. "Eu fui um dos primeiros, era o único médico jovem com experiência. O que eu dizia era ouro puro para pessoas que têm medo e buscam certezas." Mesmo tendo formação na área, o médico disse ao jornal italiano não ter se dado conta da perda da racionalidade, já que os estudos mostram a eficácia dos imunizantes. "Perde-se a cabeça mesmo sendo uma pessoa racional. Nesse momento acontece um processo muito perigoso, que ir contra as vacinas é uma fé e você se converte em Deus." Leia a reportagem completa em folha.com/mundo

📷 Pasquale Bacco no Facebook

#PraTodosVerem: foto colorida mostra o ex-líder antivacina Pasquale Bacco, da barriga para cima. Ele é um homem branco, de meia-idade, careca e segura um microfone em meio a uma praça. Abaixo, a chamada "Ex-líder antivacina se converte e adere à imunização contra a Covid na Itália"


Bookmark and Share

0 comentários: