RSS
email

PASTELARIA PAZ

NOVANET

Augusto Pinz

Prefeitura divulga nota sobre pagamento do piso do magistério

Prefeitura Municipal de Canguçu, através da Procuradoria Municipal, dentro da premissa da transparência na gestão pública, vem a público, apresentar as seguintes informações.

Um dos compromissos da atual gestão municipal é o pagamento aos servidores do Piso Salarial Profissional Nacional do Magistério Público da Educação Básica em conformidade com o estabelecido na Lei Federal no 11.738/2008 - conhecida como Lei do Piso. Neste intuito, no início deste ano, o Poder Executivo encaminhou à Câmara Municipal de Vereadores projeto de lei que resultou na Lei Municipal no 5.242/2022, a qual garante o pagamento do piso federal aos servidores municipais. De forma a garantir a manutenção do valor do piso nacional aos servidores, a referida lei municipal prevê que o Município faça de forma automática, por meio de decreto, as adequações necessárias a manutenção do cumprimento da legislação federal quando houver mudança nesses valores. Considerando que o projeto de lei foi encaminhado já neste ano, no mesmo foram apresentados os valores do piso nacional para 2022, já reajustados, observando o artigo 5o da Lei do Piso, assim como vinha sendo feito desde a publicação desta legislação federal, ou seja, utilizando como indexador o percentual de crescimento dos dois últimos anos do valor anual mínimo nacional por aluno dos anos iniciais urbano do ensino fundamental definido nacionalmente através do Fundeb. Ocorre que o referido artigo 5o da Lei Federal no 11.738/2008 faz referência expressa a Lei Federal no 11.494/2007 (lei do antigo Fundeb), a qual foi revogada pela Lei Federal n0 14.113/2020 (lei do novo Fundeb). Em razão dessa situação, no momento em que os entes públicos começaram a realizar a atualização do valor do Piso Nacional para o ano de 2022, se criou uma indefinição jurídica sobre o tema. Somente em 14 de janeiro, após inclusive a aprovação da lei municipal, o Ministério da Educação (MEC), por meio de Nota de Esclarecimento publicada, manifestou-se de forma oficial sobre o assunto, registrando manifestação da Advocacia-Geral da União (AGU) de que “o critério previsto na Lei 11.738/2008 faz menção a dispositivos constitucionais e a índice de reajuste não mais condizente com a mudança realizada pela EC 108/2020, que cria o novo Fundeb” e que, portanto, é “necessária a regulamentação da matéria por meio de lei específica”. Desde então, está sendo aguardado pelos demais entes públicos, que a União faça as regulamentações necessárias para garantir a possibilidade de reajuste nos valores do Piso Nacional, o que não ocorreu até este momento. Nesse contexto, o Município de Canguçu está publicando o decreto municipal no 8.982/20222, aplicando aos seus servidores o valor do Piso Nacional do Magistério vigente, de forma a possibilitar o pagamento da folha de pagamento do mês de janeiro. Registre-se ainda que, tão logo haja a definição federal a respeito do valor do Piso Nacional aplicável a partir deste ano, esses valores passarão a ser observados assim como determina a legislação municipal.

Canguçu, 23 de janeiro de 2022.
Fernanda Diaz Flores
Procuradora Geral do Município

Entenda a insatisfação gerada Clicando Aqui http://www.cangucuemfoco.com.br/2022/01/o-que-aconteceu-com-piso-do-magisterio.html?m=1


Bookmark and Share

0 comentários: