RSS
email

PASTELARIA PAZ

NOVANET

Augusto Pinz

Jovem congolês é morto espancado no Rio: “Quero justiça”, diz mãe

 Jovem congolês é espancado até a morte no Rio após cobrar diária de trabalho em quiosque

O jovem africano Moïse Kabamgabe, 24 anos, foi assassinado na Praia da Barra, no RJ, após cobrar do gerente de um quiosque 2 diárias atrasadas. Foi escancado por 5 homens com pedaços de pau e taco de beisebol. Ele teve os pés e mãos amarrados. Até agora, ninguém foi preso

Ele morava no Brasil desde 2014 e trabalhava em um quiosque na orla da Barra da Tijuca, praia da capital fluminense. Segundo testemunhas, agressões teriam começado após o jovem cobrar o pagamento de diárias de trabalho atrasadas ao dono do estabelecimento, que teria se juntado a outras quatro pessoas para atacar Moïse. O caso, que está sendo investigado pela Polícia Civil, causou indignação e revolta pela violência dos atos cometidos contra a vítima.

A comunidade Congolesa no Brasil disse que não vai aceitar perseguição e racismo. Eles pedem Justiça pela morte de Moïse.

Meu filho cresceu aqui, estudou aqui. Todos os amigos dele são brasileiros. Mas hoje é uma vergonha. Morreu no Brasil. Quero justiça”, afirmou Ivana Lay, mãe de Moïse.

via @Estadao


Bookmark and Share

0 comentários: