RSS
email

Cresol Canguçu/RS

Cresol Canguçu/RS

PASTELARIA PAZ - EM BREVE NOVIDADES

NOVANET

Augusto Pinz

Riscos da Mistura de Patrimônio - Dica do Gerencial

 Seja qual for o negócio, é comum que exista a mistura das contas da pessoa física e pessoa jurídica em várias empresas. Mas quais os riscos para o negócio? E para a pessoa física?

⁣Para o seu negócio os prejuízos são muitos, podendo até ocasionar a desconsideração da personalidade jurídica, o que atinge não somente o patrimônio dos sócios, mas também do administrador, caso esse seja um terceiro.
Além da questão legal, é preciso levar em consideração o desenvolvimento do negócio. A mistura dos patrimônios prejudica a gestão, que não conseguirá ter uma visão transparente de lucro e prejuízo. Sem uma visão completa do negócio, torna-se quase impossível executar as tomadas de decisões e o planejamento.
Além disso, há também o risco de uma possível responsabilidade tributária. Em resumo, o prejuízo ultrapassa o limite da pessoa jurídica, atingindo também a sua pessoa física, correndo o risco de sofrer autuação por parte da Receita Federal do Brasil, com o seu patrimônio podendo sofrer decréscimo patrimonial ou acréscimo patrimonial.

Exemplos comuns da mistura de patrimônio entre pessoa física e pessoa jurídica:
- Pagamento de contas particulares dos sócios, sendo despesas fora das atividades da empresa;
- Saque de dinheiro do caixa sem a declaração da retirada de lucro;
- Compra de bens em nome da pessoa jurídica, para fins particulares;
- Empréstimos tomados para os sócios.
Como vimos, a mistura de patrimônio é uma ação que pode parecer inofensiva, mas pode trazer graves danos, seja para a pessoa jurídica ou pessoa física. Se essa é uma realidade da sua empresa, não deixe para resolver mais tarde.

Bookmark and Share

0 comentários: