RSS
email

Cresol Canguçu/RS

Cresol Canguçu/RS

PASTELARIA PAZ - EM BREVE NOVIDADES

NOVANET

Augusto Pinz

Valorização da cultura pomerana passa pelo ensino do idioma

A colonização alemã e pomerana possui forte presença na comunidade canguçuense. E não é raro o encontro de pessoas que mantêm os traços dessa cultura e costumes, principalmente quanto a linguagem. Diante disso, buscando essa preservação e valorização, a professora, Tanise Stumpf, buscou a inserção desse ensino na grade curricular de duas escolas. 

No ano de 2013, a partir do esforço da professora e do diretor na época, Cezar Pinz, a escola João de Deus Nunes foi a primeira a colocar essa aprendizagem em prática, com a turma do 1º ano do ensino médio, através da disposição da disciplina diversificada no turno inverso. 

Já em 2018, foi a vez da Escola Municipal Carlos Moreira, que possui cerca de 90% dos seus alunos bilíngues com fluência em pomerano e português, dar início na manutenção e perpetuação do ensino escrito da língua. Novamente, com a dedicação da professora Tanise, o Conselho de Educação e a SMEEC, autorizou a realização dos exercícios com os alunos do 6º ao 9º ano do ensino fundamental da escola.


Responsável por esse processo pioneiro e por ministrar as aulas da disciplina, Tanise, que também é filha de descendentes pomeranos, declarou em entrevista a importância dessa inserção e aprendizagem: “A língua materna é muito mais que um instrumento, é um pedaço da nossa alma que se materializa na nossa cultura.”

Mesmo em meio a pandemia, as aulas vêm sendo exercidas, via plataformas online e grupos de WhatsApp. A realização do trabalho conta com materiais didáticos produzidos pela professora Lilia Stein-ES, do dicionário pomerano e com a participação de Ismael Tressmann e o Aloi Schneider de São Lourenço do Sul.


Bookmark and Share

0 comentários: