RSS
email

Cresol Canguçu/RS

Cresol Canguçu/RS

PASTELARIA PAZ - EM BREVE NOVIDADES

NOVANET

Augusto Pinz

ISTO NÃO É PRECONCEITO?

No dia 12 de abril de 2021, estiveram presentes no plenário da Câmara de Vereadores de Canguçu representantes do Movimento Quilombola do município, para manifestar sua inconformidade com pronunciamento do Vereador Silvio Neutzling (MDB) na Tribuna da Câmara em Sessão Ordinária do dia 05 de abril. Para surpresa de muitos os pronunciamentos dos quilombolas não foram transmitidos, sob alegação de "não poder aglomerar". 

Mas ficam os seguintes questionamentos: Como estas mesmas pessoas podem se reunir no plenário sem transmissão? E no mesmo espaço? Porque usaram o horário da sessão ordinária pra ouvir os representantes sem transmitir os pronunciamentos dos quilombolas? Como realizaram e iniciaram sessão ordinária após o horário limite de quinze minutos( paragrafo segundo do Art. 54), será que foi para não ter transmissão dos pronunciamento dos quilombolas, pela TV Câmara? O direito de resposta não deveria ser igual? Com transmissão ao vivo?

São muitos questionamentos sem resposta. Alegação de não poder aglomerar, salvo um juízo técnico diferenciado, não se sustenta porque o número de pessoas no plenário foi o mesmo.

POVO DE TERREIRO

As manifestações contrárias a cultura popular, em especial do movimento negro, tem se tornado frequentes em 2021 no legislativo Canguçuense. Neste ano também foi rejeitado um conselho de direitos das comunidades de terreiro do município onde em relatos vereadores chegaram a dizer que "essa gente não precisa se expressar". Os ataques a cultura negra no município estão se tornando comuns e longe da punição das autoridades competentes como Ministério Público, Polícia Civil e Poder Judiciário.

A negativa dos vereadores chegou a repercutir em todo Estado tachando canguçu com a marca da intolerância de forma vergonhosa. 


Bookmark and Share

0 comentários: