RSS
email

Cresol Canguçu/RS

Cresol Canguçu/RS

PASTELARIA PAZ - EM BREVE NOVIDADES

NOVANET

Augusto Pinz

DESCONTO NO IPTU REJEITADO NA CÂMARA

A maioria dos vereadores rejeitou nesta segunda-feira, dia 26/04/2021, por maioria o projeto de lei de autoria do vereador Jardel de Souza Oliveira(PSDB), que iria conceder desconto de 50% no IPTU, pelo período de dez anos ou até o limite de seus recursos financeiros investido no calçamento, aos proprietários de imóveis que pagaram de forma antecipada os materiais e serviços da pavimentação comunitária.

Votaram CONTRA ao desconto de 50%(cinquenta por cento) os vereadores da, Bancada do MDB: Leandro(Pipa),  Silvio, Diego, Mauro e Ildo; Bancada do PTB: Emerson e Marcelo; Bancada do PSB: Oraci e Bancada do PT: Iasmin.

Votaram a FAVOR do desconto de 50%(cinquenta por cento) os vereadores das bancadas: Progressistas: Xico, Madrid, Arion,  Ubiratan e Carlos Eduardo(Dudu) e Bancada do PSDB: Jardel.

Segundo o autor vereador Jardel Oliveira: "Respeito, mas lamento a posição dos vereadores que votaram contra o desconto no IPTU, o projeto tinha objetivo de devolver os recursos financeiros investidos, aos proprietários de imoveis que anteciparam o pagamento e viabilizaram a execução da pavimentação comunitária, que considero justo. Entendo ainda que o desconto no IPTU, iria incrementar a pavimentação comunitária que é um bom programa, que foi criado pela ex-vereadora Mariza Eslabão e implementado pelo atual governo. Pena que foi rejeitado o projeto, que iria apenas beneficiar a toda comunidade canguçuense, pois a pavimentação beneficia a todos moradores da rua pavimentada e a toda comunidade que utiliza as vias públicas. Bem como dividir o valor investido pelos proprietarios em dez anos, que pagou a vista e antecipado, não irá impactar significativamente o poder execuivo, se o executivo faz empréstimos com juros elevados para realizar calçamento, por quê não devolver em dez anos os valores investidos pelos canguçuenses donos de imoveis  sem juros."

Pelo visto o IPTU continua rendendo assunto na Câmara


Bookmark and Share

0 comentários: