RSS
email

Cresol Canguçu/RS

Cresol Canguçu/RS

NOVANET

Pega Firme na Prevenção Canguçu!

Augusto Pinz

Conselho do Povo de Terreiro de Pelotas busca instalação de delegacia contra intolerância

Em entrevista para a Rádio Liberdade AM, na tarde desta quarta-feira (10) o radialista  Andrio Aguiar conversou com o Presidente do Conselho Municipal do Povo de Terreiro de Pelotas, babalorixá Juliano Silva, (Juliano de Oxum), sobre audiência para instalação da Delegacia Especializada de Combate a Intolerância, Crimes Étnicos Raciais e de Gênero no município de Pelotas e que atenderia toda zona sul.

A audiência virtual ocorreu na tarde de terça-feira (09) com o Presidente do Conselho Municipal do Povo de Terreiro de Pelotas (CMPTERPEL) Bababalorixá Juliano de Oxum e o vice-governador e secretário estadual de segurança Ranolfo Vieira Júnior. Durante a audiência o babalorixá procurou destacar que Pelotas é um dos municípios do interior que tem mais vivenciadores autodeclarados que motivou que o Conselho fosse protagonista desta iniciativa, que conta com apoio da Prefeitura de Pelotas e da Câmara Municipal de Vereadores - que estiveram representadas na reunião com Henrique Pires, assessor da Prefeita Paula Mascarenhas, e o Presidente e o Vice-Presidente da Câmara, vereadores Cristiano Silva e Paulo Coitinho respectivamente. Ainda estiveram no encontro presidente da OAB Pelotas, Fábio Gonçalves e o ex-deputado estadual Catarina Paladini.

Segundo Juliano de Oxum o vice-governador recebeu a solicitação parabenizando os envolvidos e a iniciativa do CMPTERPEL. A Secretaria de Segurança do Estado fará uma análise técnica da viabilidade de instalação dada a demanda de solicitações e estrutura enquanto aguarda formação de novos policiais civis para ocupar os cargos. Solidário a manifestação do grupo o vice-governador Ranolfo disse que pretende instalar, inicialmente, um cartório para impulsionar as atividades da futura delegacia que beneficiaria os municípios da região.

Durante esta semana serão feitas lives nas redes do CMPTERPEL para explanar mais sobre o tema e podem ser acompanhadas pela comunidade. 

CONSELHO DO POVO DE TERREIRO EM CANGUÇU

Durante a entrevista Juliano de Oxum também falou sobre a importância da aprovação do Conselho Municipal do Povo de Terreiro em Canguçu, projeto que tramita na Câmara de Canguçu. Indagado pelo repórter Andrio Aguiar, Juliano reforçou que é preciso que a região amplia a luta antirracista e contra a intolerância religiosa. Citou fatos que ocorreram em Canguçu e que motivaram a registro de ocorrências policiais. Ele disse, ainda, que acredita na compreensão e inteligência dos Vereadores de Canguçu promovendo espaço de fala as comunidades de terreiro do município.


Bookmark and Share

0 comentários: