RSS
email

Braga Celulares

Cresol Sul Canguçu/RS

Cresol Sul Canguçu/RS

NOVANET

Nutricionista Jaine Lopes

Canguçu orienta mais de 2 mil estabelecimentos para evitar aglomerações

Fiscais da Vigilância Sanitária percorrem locais com grande movimentação de pessoas

Desde o dia 21 de março, o município de Canguçu vem fazendo o trabalho de orientação para evitar filas e aglomerações em locais públicos, especialmente em bancos. A medida é mais uma das ações adotadas para manter o distanciamento social, uma das formas de prevenção ao Coronavírus. Até o momento, mais de 2 mil estabelecimentos já foram visitados. Na última semana, durante as vistorias das equipes de Vigilância Sanitária que atuam como fiscais do Decreto de Calamidade Pública, foram lavradas cerca de dez notificações e foram feitas cinco interdições. Um dos principais problemas verificados pelas equipes continua sendo a aglomeração em frente aos bancos. No último dia 15, a prefeitura emitiu um decreto que prevê as medidas de funcionamento nestes locais, assim como demais instituições financeiras, lotéricas e correspondentes bancários. O decreto determina diversas normas, inclusive, exigências que devem ser adotadas para quem estiver nas filas aguardando atendimento. Conforme o decreto, independente se os clientes estiverem dentro ou fora do prédio, o estabelecimento deve destinar funcionários para orientar sobre medidas de higiene e sobre a necessidade de manter a distância mínima de dois metros entre as pessoas. A Vigilância Sanitária salienta que o objetivo não é a aplicação de multas ou fazer interdições, mas a conscientização das pessoas. A partir da próxima semana, os fiscais seguirão as vistorias, com objetivo de evitar filas e aglomerações. “Falamos com os estabelecimentos comerciais e as instituições financeiras para que seus funcionários orientem a população sobre o distanciamento em filas. Buscamos em primeiro lugar orientar, visitamos a cidade e o interior num esforço coletivo de levar informação ao maior número de pessoas”, afirma a fiscal que está coordenando o trabalho, Carla Tavares. Por que evitar aglomerações? Profissionais e autoridades de Saúde destacam, como medida preventiva à propagação da Covid-19, a relevância de que se evitem aglomerações e o contato próximo com outras pessoas. A recomendação ocorre porque a transmissão pelo vírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como espirro, tosse, gotículas de saliva, contato físico com uma pessoa infectada e o toque em objetos ou superfícies contaminadas (seguido de contato com boca, nariz ou olhos). A orientação de não permanecer perto de um grande número de pessoas vale para cidadãos de qualquer faixa etária.

Bookmark and Share

0 comentários: