RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

Morada das Figueiras

São João Encomendas

NOVANET

Agricultura eleita prioridade na Consulta Popular 2019

Encerrado o processo de votação da Consulta Popular 2019, levantamento realizado pela Secretaria de Governança e Gestão Estratégica (SGGE) aponta que a área que recebeu mais votos em todo o Estado foi a Agricultura, com 170 mil. A Zona Sul seguiu a mesma tendência, garantindo cerca de R$ 800 mil para também investir na produção agrícola.
O número expressivo de votantes representa 25 projetos eleitos em 23 regiões dos Conselhos Regionais de Desenvolvimento (Coredes), com a destinação de R$ 12,847 milhões em verbas. A votação foi realizada durante três dias na semana passada, e encerrada na última sexta-feira. Nesta edição, o valor total disponibilizado foi de R$ 20 milhões, divididos nas 28 regiões dos Coredes, resultando em 42 projetos eleitos pela população.
Conforme a SGGE, órgão responsável pela organização da Consulta Popular, foram computados 253.832 votos. A votação foi on-line, pelo site www.consultapopular.rs.gov.br, e presencial, em pontos definidos pelos Coredes.
Além da Agricultura, as outras áreas que tiveram maior interesse dos gaúchos foram Desenvolvimento, Turismo, Ciência e Tecnologia, com 46,7 mil votos e projetos resultando em R$ 3,96 milhões, e Logística e Transporte, 9,7 mil votos e R$ 1,314 milhão.

Corede Sul
Região, composta por 22 municípios, teve 15.717 votos e elegeu três projetos ligados à agricultura

1º - O de correção de acidez e fertilidade do solo foi o que obteve votação mais expressiva, com 8.342 votos. A ação faz parte do Programa Permanente de Manejo e Conservação do Solo e Água-Correção da Acidez. Os R$ 267.200,00 para essa proposta deverão ser aplicados como custeio para a compra de calcário e fertilizante, e o valor deverá ser captado integralmente por meio de convênios com as prefeituras.
2º - Qualificação da ovinocultura regional foi a segunda opção mais votada, com 4.504 votos. Para ele serão destinados R$ 266.400,00, a serem investidos na aquisição de reprodutores ovinos, com o intuito de qualificar a oferta regional de carne e lã ovina. Neste caso, os recursos serão utilizados como investimento, sendo totalmente captados via financiamento com a Fundação Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (Feaper).
3º - O projeto de agroindústria familiar, que prevê a legalização de agroindústrias de origem animal, vegetal e de sucos e bebidas, fechou, com 2.871 votos, o grupo das ações selecionadas pela população para receber as verbas. Nesse caso, o investimento será de R$ 266.400,00, que também poderá ser utilizado como investimento, na compra de equipamentos e maquinários que auxiliem nas atividades desses locais. Conforme definição em assembleia, 80% dos recursos deverão ser obtidos por meio financiamento via Feaper, e 20% via convênio com prefeituras.

Diário Popular

Bookmark and Share

0 comentários: