RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

Morada das Figueiras

São João Encomendas

Vereadores analisam situação de afastamento de gestor do HCC

O anúncio do afastamento do Gestor do Hospital de Caridade de Canguçu  (HCC) gerou grande surpresa na comunidade Canguçuense após nota emitida pela Prefeitura Municipal de Canguçu na noite do feriado municipal de 25 de julho. 
Além do alvoroço nas redes sociais os vereadores de oposição a atual gestão anunciaram que irão se reunir na Câmara Municipal de Vereadores na manhã desta sexta-feira (26) às 09h00 para estudar a possibilidade de uma nova Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI). O Vereador Nevinho Nornberg (PDT), em entrevistas para emissoras de rádio, disse que os vereadores já começaram a conversar logo após o anúncio da nota. Nornberg lembrou que diversas emendas chegaram, recentemente, e que aguardam informações sobre utilização destes recursos e que é preciso um levantamento transparente sobre os fatos.
Até o momento o ex-gestor, Gabriel Andina, não fez nenhuma manifestação sobre o caso. Recentemente ele também esteve envolvido em polêmica em uma emissora de rádio quando criticou os meios de comunicação do município que só noticiariam coisas negativas. Na ocasião foi fortemente rebatido pelo radialista Jânio Soares que lembrou papel importante da mídia local em campanhas pela manutenção da instituição e que o espaço dos meios de comunicação sempre esteve disponível para as notas do hospital.

SITUAÇÃO
O Vereador Lenadro Ehlert, o Pipa (MDB), manifestou tristeza e indignação em relação ao fato. Ele disse que também ficou sabendo pelas redes sociais, pois não está no município. "São medidas que tem que ser tomadas", assegurou. Ele parabenizou o Prefeito a quem disse que agiu com transparência. Pipa disse que não será só a oposição que terá interesse em esclarecer o fato e sim o Legislativo unido na fiscalização.
O Vereador Luciano Bertinetti (MDB) disse, em entrevista para Rádio Cultura AM, que foi formada uma comissão para investigar o caso. A situação teria sido descoberta ainda na semana passada e que como os levantamentos não ficaram claros culminou no afastamento do gestor. "O gestor está afastado, algumas irregularidades foram verificadas. É uma coisa que não se tolera", disse. Luciano lembrou que foi relator da CPI do Hospital e fez vários alertas sobre condutas que ocorreram no passado e que não poderia ocorrer uma forme diferente de ação. "Já está no Ministério Público que irá investigar também", garantiu. 

Bookmark and Share

0 comentários: