RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Morada das Figueiras

Declaração polêmica de vereador causa constrangimento no HCC

Uma declaração realizada durante a sessão ordinária de segunda-feira (09) na Câmara Municipal de Vereadores colocou o vereador César Madrid (PP) em uma saia justa junto a funcionários do Hospital de Caridade de Canguçu (HCC). Durante seu pronunciamento ele teria dito que caso voltassem a fazer greve os funcionários seriam "palhaços". O vereador se referia a situação do hospital e conversas de que uma empresa poderia assumir a gestão, fato que não se concretizou e que deverá ser motivo de reunião no próximo dia 16/07. Para ele isso não é garantia de pagamento em dia dos salários, ainda. Será necessário um levantamento prévio e isso demoraria. Ele também fez referência a uma funcionário que teria falado em emissora de rádio que a situação do hospital era boa, diferente do que se apresenta o momento.

"Se os funcionários novamente, tchê fazer greve de novo, tchê aí vai virar uma coisa assim ó. vou ser bem sincero, sempre apoiei e apoio os funcionários do hospital,agora se fizerem greve de novo numa coisa que disse pra eles, me ligaram de lá eu disse olha aqui ó, aconteceu isso e isso no gabinete do Prefeito. Se eu fosse vocês eu não voltava. Eu disse. Eles não aceitaram. Agora fazer greve de novo já tá virando palhaçada, vou ser bem claro. Pode sair daqui e dizer que eu chamei eles de palhaço. Porque não é possível.Ou então é a comunidade que é palhaça. Só um pouquinho. Eu disse, eu avisei: Não tem nada de garantia, o hospital não vai ter dinheiro para pagar vocês no próximo mês. Como não tem.E se essa firma vier realmente, eles vão fazer um estudo, vão analisar...(sic)", disse, madrid, em seu pronunciamento.
A declaração ganhou ainda mais repercussão após divulgação do conteúdo na rádio Cultura AM no programa "Show da Manhã" desta terça-feira (10).
Os funcionários - que continuam sem perspectivas de pagamento em dia - receberam com total indignação a declaração. Logo, nas redes sociais, começaram com imagens refutando e ironizando as declarações.
Segundo os funcionários apesar de recursos no valor de R$ 145 mil estarem na conta do hospital e as cirurgias particulares e internações acontecendo normalmente eles ficaram delegados a segundo plano na ordem de pagamentos. Uma assembleia deverá ser convocada para mobilizar a categoria para uma nova paralisação. Os funcionários ainda ão receberam décimo terceiro atrasado, férias e o salário de junho.
Diversos "memes" surgiram após a declaração, como este acima. 

30% DA FOLHA NA CONTA
No começo da tarde desta terça-feira (10) a administração do Hospital de Caridade de Canguçu (HCC) depositou o relativo a 30% do valor da folha de pagamento na conta dos servidores.

DOAÇÕES
O hospital continua precisando, muito, de doações da comunidade Canguçuense. Os valores recebidos para a instituição, por parte do Governo do Estado, tiveram que ser divididos para medicamentos e a folha de pagamento, além de outros custos. Atualmente 57 pacientes estão internados na casa de saúde. Mesmo assim muitos títulos estão atrasados.

Bookmark and Share

0 comentários: