RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Morada das Figueiras

Papel da ciência na Gênese

Dadas as condições da origem de quase todos os povos antigos, seus primeiros livros sagrados foram ao mesmo tempo os primeiros livros de ciência e o código único das leis civis.
No capítulo IV de A gênese, os milagres e as predições segundo o Espiritismo, Kardec começa fazendo a consideração acima. Continua registrando que, como eram imperfeitos os meios de observação, o homem foi impotente para resolver o problema da criação. De todas as Gêneses antigas, a melhor é a de Moisés, apesar de erros, se tomada ao pé da letra. Mas, sob alegorias, oculta sublimes verdades. O problema está na exigência de fé cega e imutável nessas alegorias, sem considerar a razão e os dados positivos da ciência, reveladores de leis eternas e imutáveis, que demonstram muito bem a grandeza e a sabedoria de Deus. Não há revelação teórica que se possa sobrepor à autoridade dos fatos. Admitir as leis da Natureza, que a Ciência revela, é glorificar a Deus em suas obras. 
A Gênese trata da formação do mundo material e da Humanidade, em seus aspectos corporal e espiritual. Todas as religiões são acordes quanto à existência da alma. Divergem quanto à origem e ao futuro desta. Da dúvida sobre isto, pode surgir a incredulidade, que dá lugar a um penoso vácuo e à desordem social. O homem quer e precisa saber de onde ele vem, por que está encarnado na Terra e para onde vai, depois da morte corporal. O Espiritismo responde, explica e demonstra essas questões, baseado na lógica, nos ensinos de Jesus e em fatos descobertos por experimentos mediúnicos, esclarecedores da vida e do mundo espirituais. É o Espiritismo, portanto, filosofia, religião e ciência. O que foi e é o telescópio para o mundo astral, o microscópio para o dos infinitamente pequenos, foi e é a mediunidade para o mundo espiritual.       
A Ciência tem por missão descobrir as leis da Natureza. Ora, sendo essas leis obra de Deus, não podem ser contrárias à religião que se baseie na verdade. Assim, é fundamental o papel da Ciência na gênese.
Fonte: Texto de Mario Luiz de Farias – Professor do IFSUL, articulista e palestrante espírita. 


Bookmark and Share

0 comentários: