RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Morada das Figueiras

São João Encomendas

Dr.Laureano

Piratini pode ficar sem estação rodoviária

A rodoviária de Piratini tem prazo final para funcionamento: 31 de maio. A família Lucas, responsável pelo serviço há mais de 60 anos, informou ao Daer que não tem mais interesse em manter o ponto, por onde embarcam mais de 200 passageiros por dia nas três linhas intermunicipais que ainda operam no município. A autarquia trabalha com a hipótese de conceder temporariamente o serviço a um novo contratante, até que novo concessionário seja licitado. No entanto, é provável que até o dia 1º de junho nada seja resolvido.
Assim, os passageiros devem comprar as passagens intermunicipais diretamente com as empresas que operam no município. Uma reunião com a prefeitura deve definir os pontos de parada dentro da cidade. A Embaixador, responsável pela linha Piratini-Pelotas e Piratini-Canguçu, informou que os ônibus sairão da garagem a partir do dia 1º e haverá um cobrador para a venda das passagens. A tendência é de manter os pontos tradicionais de parada em Piratini.
Segundo o Daer, não há prazo para a licitação da nova rodoviária. "O processo será encaminhado ao Conselho de Tráfego, para autorizar ou não a contratação. Depois, o termo pode ser finalizado e então publicado no Diário Oficial do Estado. Após a publicação, a nova concessionária pode atuar. O prazo de duração do contrato é indeterminado", manifestou-se o órgão - por meio da assessoria de imprensa.
Em conversa à reportagem, a família Lucas lamentou a decisão de encerrar as atividades. Uma das atuais donas do terminal, Maristela Lucas, afirmou que estava inviável continuar com o serviço. "Eu e a Núbia Lucas estamos há 40 anos trabalhando aqui na rodoviária. Herdamos dos nossos avós, o serviço está há 60 anos na nossa família. Agradecemos a todos os passageiros ao longo dessa jornada, lamentamos a decisão, mas não há como continuar."
Segundo Maristela, a diminuição de passageiros e, consequentemente, de linhas, tornou impossível manter a rodoviária financeiramente. Atualmente operam na cidade a linha Piratini-Pelotas, com quatro horários diários, Piratini-Pinheiro Machado, com três horários, e Piratini-Canguçu, com três horários por três dias na semana.
As informações que chegam de Piratini é de que há um interessado em assumir a prestação do serviço. Em nota, o Daer manifesta a probabilidade de conceder termo de autorização de prestação de serviços, até que se tenha um licitante vencedor. No entanto, ainda analisa se a empresa interessada cumpre os requisitos necessários. Entre eles, a disponibilidade de um prédio. Não há previsão para o início das publicações dos editais. (Diário Popular)

Bookmark and Share

0 comentários: