RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Morada das Figueiras

Frente Parlamentar vai lutar por pacientes de hemodiálise no RS

O Rio Grande de Sul ganha nesta segunda-feira (21) a Frente Parlamentar em Defesa da Nefrologia Gaúcha. O ato de instalação da Frente será às 14h, no Salão Júlio de Castilhos da Assembleia Legislativa, em Porto Alegre. A iniciativa foi proposta e é liderada pelo Simers – Sindicato Médico do Rio Grande do Sul e SGN – Sociedade Gaúcha de Nefrologia, e será presidida pela deputada Liziane Bayer (PSB).

A Frente vai reforçar a mobilização em prol dos pacientes que fazem a Terapia Renal Substitutiva (TRS), que abrange hemodiálise e diálise. Hoje a insuficiência de recursos e os valores defasados, praticamente congelados pelo Ministério da Saúde, pode restringir cada vez mais o acesso ao tratamento. No RS, são cerca de 5,8 mil pessoas nessa condição, sendo que 5,2 mil dependem do SUS (90% dos doentes), alerta o Simers.

Durante o lançamento, informações mais detalhadas sobre a situação, como as cidades mais afetadas, o volume de recursos e valores e até fechamento de clínicas que atendem SUS no Interior afetando a vida de quem depende da terapia, serão apresentados no evento.    

Recentemente, Simers, SGN e a senadora Ana Amélia Lemos se reuniram, em Brasília, com o ministro da Saúde, Gilberto Occhi, para cobrar medidas urgentes. “A crise vem levando ao desamparo, em especial, dos portadores de doenças renais crônicas. Não há fila de espera para hemodiálise. Se a terapia não é instalada imediatamente, o paciente morre”, adverte a diretora do Sindicato Médico e nefrologista Gisele Lobato.

Participam do ato de instalação da Frente Parlamentar nesta segunda-feira os presidentes do Simers, Paulo de Argollo Mendes, e da SGN, Miriam Gressler Gomes, e a senadora Ana Amélia.

Informações:


Bookmark and Share

0 comentários: