RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Morada das Figueiras

São João Encomendas

Dr.Laureano

Prefeitura de Canguçu oficializa adesão ao SIM/RS

O secretário Cezar Schirmer recebeu, nesta quarta-feira (18), o prefeito de Canguçu, Marcus Vinícius Müller Pegoraro, para formalizar a adesão do município ao Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM/RS). A assinatura do documento aconteceu na sede da Secretaria da Segurança Pública, em Porto Alegre.

Atualmente, 176 municípios já aderiram ao sistema e 191 estão em processo de adesão. Para Schirmer, é importante que as cidades apresentem suas demandas e compartilhem as ações de Segurança Pública realizadas nas regiões para que, em conjunto, seja possível elaborar medidas mais efetivas de combate à criminalidade. “A prefeitura tem informações de extrema importância que precisam chegar até o Estado. Juntos iremos diminuir os índices de criminalidade e construir uma sociedade mais segura”, disse.

Também foram debatidas medidas de segurança, como a implantação de um sistema de videmonitoramento, um dos principais eixos do SIM/RS, e a possibilidade de reforço no efetivo local.

Atualmente, 176 municípios já aderiram ao sistema e 191 estão em processo de adesão. - Foto: Rodrigo Ziebell/SSP

SIM/RS

O SIM/RS teve início em abril de 2017 e visa a união de Estado e municípios na busca de soluções de combate à criminalidade, além da participação da sociedade civil organizada. Uma das principais ações previstas no SIM/RS está no aperfeiçoamento de tecnologias já existentes nos órgãos participantes, como o uso inteligente das câmeras de videomonitoramento.

A iniciativa vai orientar a criação e a execução de políticas de gestão para o setor. O SIM/RS é coordenado pela Secretaria da Segurança Pública (SSP) e composto por suas instituições vinculadas, outras secretarias estaduais, municípios, órgãos da esfera federal e entidades da sociedade civil.
O sistema é formado por cinco eixos: tecnologia; informação e inteligência; operações; prevenção primária; sistema penitenciário e ressocialização. Cada eixo conta com uma série de ações, determinadas de acordo com a realidade de cada município.

A integração dos sistemas tecnológicos é um dos carros-chefe do projeto. As instituições que assinarem o termo de cooperação serão interligadas ao Centro Comando e Controle Integrado (CICC) e aos Centros Operacionais de Segurança Pública (CIOSPs) já existentes nas regiões ou municípios, agregando as tecnologias para o acompanhamento em tempo real de ações, eventos e incidentes. (SEC. SEGURANÇA)

Bookmark and Share

0 comentários: