RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Morada das Figueiras

São João Encomendas

Pedro Pereira afirma que o IPERGS não valoriza os profissionais da saúde

O deputado Pedro Pereira (PSDB) fez duras críticas ao governador Sartori, nessa quarta-feira (20), por não ter apresentado, nesses três anos de governo, nenhum projeto de lei que valorizasse os profissionais de saúde, principalmente do Instituto de Previdência do Estado (IPERGS). Segundo o parlamentar, muitos médicos estão se descredenciando e não querem mais atender pelo IPE. “Este órgão não valorizava os profissionais de saúde, que há seis anos não recebem reajuste. Nem para consultas, nem para exames laboratoriais e radiológicos, nem diárias hospitalares. O último reajuste foi em 2011.” lamentou.

O tucano afirmou ainda que, para algumas especialidades, não há mais médicos credenciados. “As consultas, custam na rede particular pelo menos 200 reais. E o IPE paga R$ 47, e não na sua totalidade, já que parte desse valor provêm do paciente. O ex-governador Tarso Genro do PT não tomou nenhuma providência a respeito disso e o atual também não”, disse o deputado.

Para Pedro Pereira, não há justificativa para não haver reajuste, pois todos os servidores do Estado pagam mensalmente valores ao IPE, que já vêm descontado no contracheque, conforme a categoria em que se enquadra, de acordo com a faixa salarial. “No Regime Financeiro da Previdência, o IPE é responsável por aproximadamente 300 mil servidores e pensionistas. São mais de um milhão de beneficiários, que correspondem a aproximadamente 10% da população gaúcha. O instituto tem cinco categorias, que definem os valores pagos pelos servidores, tanto para consultas, como para exames” afirmou.

Bookmark and Share

0 comentários: