RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Stédile é eleito para comandar o PSB estadual

Em uma disputa com o atual presidente estadual do PSB, Beto Albuquerque, o deputado federal José Stédile foi eleito para assumir a presidência do diretório estadual a partir de 1 de novembro - ficará no cargo por três anos. A chapa liderada por Stédile obteve 454 votos, contra 287 da liderada por Albuquerque. A disputa foi acompanhada pelo presidente nacional da sigla Carlos Siqueira. A nova direção será composta de acordo com a proporção dos votos obtidos pelas chapas, conforme determina o estatuto da legenda. Com isso, os integrantes da chapa de Stédile vão ocupar 60% dos cargos do diretório e os de Albuquerque, 40%. 
Beto Albuquerque (E) saiu derrotado na disputa para o deputado federal José Stédile (D).
Foto: Nilso Pinz

O presidente eleito defendeu que o diretório do partido decida no congresso do ano que vem se o partido vai apoiar uma chapa ou lançar candidato próprio ao Palácio Piratini nas eleições de 2018: "Nossa chapa foi eleita porque se comprometeu em decidir sobre as eleições através do voto dos delegados". Apesar disso, admitiu que "hoje a tendência é de apoiar um candidato a governador e lançar na chapa majoritária o Beto Albuquerque, ao Senado". O presidente eleito espera também que a eleição interna não deixe sequelas na sigla. "O congresso teve uma grande participação dos filiados, com a presença de 800 delegados, justamente por causa da disputa. Se fosse por consenso, teria 100 ou 200 delegados. Claro que toda disputa gera desconfortos, mas acredito que em pouco tempo isso passará e trabalharemos unidos", avaliou. Stédile quer ainda que o diretório estadual forneça assessoria financeira para os prefeitos do partido no Interior. 
No evento, foram eleitos ainda os delegados que vão representar o PSB gaúcho no congresso nacional da sigla, marcado para os dias 12, 13 e 14 de outubro, em Brasília. A chapa de Stédile contará com 15 delegados e a de Albuquerque, 14. - Jornal do Comércio

Bookmark and Share

0 comentários: