RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Considerar-se vítima

Em função do estágio evolutivo em que nos encontramos, tendemos a transferir de si próprio para outra fonte a culpa pelos nossos problemas e a responsabilidade para solucioná-los. Isso implica perda de tempo e outros inconvenientes. Precisamos e dispomos de ajudas. Mas, iniciativa e atuação próprias são decisivas, tanto para evitar problemas, quanto para solucionar os que já merecemos.
Dado que Deus existe, é bom e justo, decorre que não há efeito sem causa e que a toda ação ou inação corresponde um efeito. Está em Mateus 16:27 e noutros trechos de O Novo Testamento: a cada um será dado segundo as suas obras; em João 5,29: “E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal para a ressurreição da condenação.” Jesus diz mais: “Pedi e obtereis; buscai e achareis” (Mt. 7:7), alertas que são os títulos, respectivamente, dos capítulos 27 e 25 de O Evangelho segundo o Espiritismo. Também dizia “a tua fé te salvou”, quando auxiliava em curas, fosse de doenças do corpo ou expulsão de espíritos obsessores (demônios).
Chico Xavier Assevera: “Você escolhe, recolhe, elege, atrai, busca, expulsa, modifica tudo aquilo que te rodeia a existência. Teus pensamentos e vontades são a chave de teus atos e atitudes. São as fontes de atração e repulsão na jornada da tua vivência. Não reclame, nem se faça de vítima. Antes de tudo, analisa e observa.”
Em O livro dos espíritos, no item 466 consta: “Desde que sobre ti atuam influências más, é que as atrais, desejando o mal; porquanto os Espíritos inferiores correm a te auxiliar no mal, logo que desejes praticá-lo. Só quando queiras o mal, podem eles ajudar-te para a prática do mal. ... Mas, outros também te cercarão, esforçando-se por te influenciarem para o bem,”.
Perante as contrariedades, dizemos: “Se eu houvesse feito, ou deixado de fazer tal coisa, não estaria em semelhante condição.” Bom é que sempre podemos recomeçar e acertar, rumo à felicidade. 
“Cada um de nós compõe a sua história. Cada ser em si carrega o dom de ser capaz. E ser feliz.” Pelo exposto, é inadequado e inconveniente considerar alguém vítima da sociedade e, pior ainda, considerar-se vítima. 
Fonte: Texto de Mario Luiz de Farias – Professor do IFSUL, articulista e palestrante espírita.

Oficina de Liderança com a equipe da FERGS
Público alvo: Presidentes, vice-presidentes, estudantes e trabalhadores das casas espíritas
Dia: 05 de Agosto.  Horário: das 9h às 17h (com intervalo para almoço)
Local: Liga Espírita Pelotense
“Cada um de nós compõe a sua história. Cada ser em si carrega o dom de ser capaz. E ser feliz”


Bookmark and Share

0 comentários: