RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

À Pedido: Momento de reflexão e agradecimento

Optar pelo Serviço Público (sim, optar), foi uma das decisões mais sábias de minha vida. Hoje posso dizer que esses 31 anos como Servidora Pública da Prefeitura Municipal de Canguçu não foi em vão por vários motivos, os quais, dentre eles, gostaria de ressaltar:
1) meus 8 anos como professora na Escola Municipal Santo Antonio (desativada) onde até hoje meus ex-alunos, quando me encontram, me chamam de professora Nara e alguns ainda lembram inclusive, a data de meu aniversário;
2) que acreditei e acredito no SUS e por isso me doei a cada Conferência que ajudei a realizar;
3) que foi preciso determinação e coragem para dar início, juntamente com outros colegas, ao Programa Municipal de Saúde Mental onde se precisou desconstruir anos de história de internação psiquiátrica e acreditar num modelo diferente de tratamento baseado no acolhimento, vínculo e responsabilidade. Nasceu a Casinha do Prado, hoje CAPS I Casa de Saúde Mental, onde trabalhei longos anos como Psicóloga e Coordenadora;
4) que durante os anos em que atuei na Coordenação Municipal de Saúde Mental, sempre ajudada pelos colegas, nasceu no seio do CAPS I, o CAPS AD, como um modelo diferente e humanitário de acolher e tratar os usuários de álcool e outras substâncias;
5) que os anos vividos na Coordenação Municipal de Saúde Mental foi um longo e bonito aprendizado;
6) que paralelamente, à frente do Programa Doenças Sexualmente Transmissíveis/AIDS, por 16 anos, me proporcionou muitas vitórias em meio ao sofrimento;
7) que nem tudo foi fácil, claro. Houve lutas, verdadeiras batalhas, mas por acreditar numa Saúde  melhor para todos, inclusive com anos de trabalho educativo nas escolas de Canguçu e meios de comunicação local, levando as mesmas Promoção de Saúde e Prevenção das doenças.
Mas, chegou o momento de minha aposentadoria (e não pensem que foi algo fácil, por incrível que possa parecer), e dentre as  lembranças que ganhei neste momento, gostaria de citar uma frase que carinhosamente recebi da equipe do SASME (Serviço de Atenção à Saúde Mental), onde trabalhei com carinho e dedicação meus últimos 4,5 anos de serviço público, dizia: " Nara, é hora de contemplar e ver que tudo não foi em vão, de se orgulhar e ver que sua contribuição foi registrada no tempo." Sim, realmente não foi em vão e agradeço muito a Deus por isso. 
Agradeço também minha família que sempre me incentivou nesses anos de dedicação à carreira pública e meu profundo agradecimento a vocês, que foram meus alunos, colegas, pacientes...Obrigada, vocês certamente me tornaram uma pessoa melhor.
Hoje continuo exercendo minhas atividades em consultório particular e saio do Serviço Público com orgulho, mas continuo comprometida com a causa da Saúde Mental e em parte autora de uma história que ajudei a escrever.

Nara Rosane Oliveira Fucolo Müller
Psicóloga – CRP 07/08946


Bookmark and Share

0 comentários: