RSS
email

Ponto Com Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

HD SAT

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

Lagoa Azul - Motel e Lancheria - na BR 392 no trevo da Nutrisa

Eliezer Rutz Antenas

Técnicos e pesquisadores avaliam cultura da mandioca

A Emater/RS-Ascar e a Embrapa Clima Temperado realizaram um Dia de Campo para divulgar os resultados de pesquisa feita com cultivares de mandioca implantadas em uma área de seis hectares no Assentamento Perseverantes na Luta, na localidade de Alto Alegre, em Canguçu, na sexta-feira (23/06). O projeto de produção da mandioca, que contou com recursos financeiros da Consulta Popular para sua implantação, é desenvolvido coletivamente pelos produtores da Escola Família Agrícola da Região Sul (Efasul), Associação do Alto Alegre e Rede de Sementes Agroecológicas BioNatur. Junto com a Embrapa e a Emater/RS-Ascar, os produtores trabalham no cultivo, na identificação de variedades e manejo da cultura.

Na ocasião foram avaliados aspectos agronômicos como produtividade e o processamento das cultivares Vale Verde, Vassoura, Frita, Aipim Batata, Mico, Aipim Sítio, Paraguaia, Duas Camadas, Monte Negro e Estrangeira, que obtiveram produção a campo. “O projeto de produção de mandioca contempla o grupo de interesse produtivo da mandioca da Associação Alto Alegre, com uma produção destinada ao autoconsumo humano e animal, processamento e vendas de excedente, e até um possível mercado de venda de mudas adaptadas para a Região Sul”, diz extensionista do escritório municipal da Emater/RS-Ascar de Canguçu, engenheira agrônoma Rosemeri Berguenmaier de Olanda.

Conforme o extensionista local da Emater/RS-Ascar, técnico em agropecuária Odair Rogerio dos Santos Borges, “para as famílias foi uma oportunidade de aprofundar os conhecimentos sobre a cultura e definirem as variedades para cada tipo de situação pretendida, identificando as linhas de produção para autoconsumo e comércio, além de alavancar a produção através de um bom manejo da cultura e identificação das várias formas de aproveitamento”.

De acordo com Borges, “o Dia de Campo serviu ainda para aguçar as discussões sobre o tema com as instituições parceiras e, a partir do aumento da produção, definir o seu destino através de um grupo organizado”.

Pesquisa

A Pesquisa avaliou o rendimento comercial, os aspectos agronômicos e sensoriais das cultivares. Quanto ao rendimento comercial a variedade Estrangeira foi a que obteve melhor aproveitamento (73,1%), seguida da Aipin Sítio (67,4%), Duas Camadas (69,8%) e Paraguaia (68,8). Quanto ao descasque para a época, a variedade Estrangeira foi a que apresentou a maior facilidade, seguida da Vassourinha (com maior dificuldade). As demais foram avaliadas como boas para o descasque.

Na avaliação sensorial, as variedades que apresentaram melhor aparência foram a Vale Verde, a Monte Negro, a Sítio e a Mico. Quanto à consistência, a Vale Verde foi a que apresentou o melhor resultado. A variedade de mandioca Batata foi a que apresentou o melhor sabor. Durante a atividade também foram discutidos assuntos de interesse dos produtores como manejo da produção, adubação, colheita e armazenamento de ramas visando a produção de mudas.

Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional Pelotas

Bookmark and Share

0 comentários: