RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Diretor esclarece situação envolvendo demissão do gestor do HCC

Um dos diretores do Hospital de Caridade de Canguçu (HCC), Mario Fonseca, esteve na Rádio Liberdade AM - na manhã desta quarta-feira (31) - para esclarecer sobre a demissão do gestor do hospital, Hermes Rockenbach.
Fonseca disse que a contratação do gestor estava no período de experiência e mesmo fazendo um belo trabalho, começou a caminhar em sentido oposto a direção do hospital tomando decisões contrarias a diretoria mesmo participando em reuniões e concordando com as ações, o que levou ao término deste contrato. O diretor elogiou algumas ações realizadas no período em que o gestor esteve a frente da instituição, como a diminuição do número de funcionários.
O hospital está, agora, comandado por uma Comissão de Gestão para dar continuidade aos trabalhos. Às 18h30min desta quarta-feira (31) haverá uma reunião com os sócios da entidade para esclarecer os últimos acontecimentos e seus desdobramentos. Um dos pontos é o nome do novo diretor técnico do hospital, no lugar do médico Paulo Porciuncula. Assumirá o cargo o médico Benhur Correa Batista. A Comissão de Gestão do Hospital é composta pelo presidente Armando Morales, vice-presidente Delaci Borges, Tesoureiro Mario Fonseca e os diretores Luiz Carlos Valente da Silveira e Cássio Mota.
Mario Fonseca esclareceu, também, sobre a questão das folhas de pagamento dos funcionários, um trabalho que já começou a ser feito antes da chegada do ex-gestor. Neste ponto ele demonstrou insatisfação com as declarações do ex-gestor que teria dito que pagou duas folhas e meia. O trabalho teria sido conjunto. "Quando a gente fez o desligamento do Hermes ele saiu atirando nas pessoas dizendo que os velhos se reúnem em torno de uma mesa para tomar cafezinho e falar da vida dos outros e depois ele disse eu paguei duas folhas eu paguei os médicos, se ele tivesse dito nós pagamos ficaria mais elegante. Aí você vê a índole da pessoa, nesse momento", comentou. "Quando ele sai atirando em quem o colocou lá dentro ele tá dizendo que não merecia estar lá dentro", completou, lembrando que todos que lá estão participam voluntariamente para a instituição.

Ouça entrevista, completa, CLICANDO AQUI

Bookmark and Share

0 comentários: