RSS
email

Ponto Com Celulares

O ESCRITÓRIO

HD SAT

Coisas & Tal

Coisas & Tal

Laureano Advocacia

Eliezer Rutz Antenas

Reunião na SES sobre crise financeira do Hospital Espírita de Pelotas

Pedro Pereira intermediou o encontro.

Através do deputado Pedro Pereira (PSDB), foi realizada uma reunião de emergência, nesta quarta-feira (29) na Secretaria Estadual de Saúde (SES), em Porto Alegre, com o secretário-adjunto da SES e diretor do Departamento de Assistência Hospitalar (DAHA), Francisco Paz, juntamente com o coordenador da Saúde Mental do Estado, Luiz Coronel e os gestores do Hospital Espírita de Pelotas, que passa por uma crise financeira.

Segundo Pereira, “a audiência é um pedido de socorro ao Governo do Estado. A situação é tão grave que reunimos mais de 20 pessoas para acompanhar a reunião. Este hospital é muito importante para Pelotas e é uma referência para os municípios da região Sul e também para cidades de outras regiões. São pessoas que precisam de atenção, de ajuda, de carinho. São homens e mulheres que tem problemas psiquiátricas e, até mesmo, dependentes químicos” explicou.

O diretor do Hospital, Carlos José Jardim e o administrador Tiago Martinato, expuseram a situação atual que a instituição enfrenta, como o atraso no pagamento de salários dos servidores e as dívidas com bancos. Falaram ainda que o valor pago, por dia de internação, é insuficiente, pois, somados com o incentivo estadual, são repassados R$ 73,73 por paciente, enquanto o gasto chega a R$ 159,76. “Não temos de onde mais tirar dinheiro” disse Jardim.

O coordenador da Saúde Mental do Estado, Luiz Coronel, disse que é preciso definir as prioridades e garantiu que não irá permitir o fechamento de nenhum leito.  Ficou acertado que será traçado um plano emergencial para socorrer o hospital. Foi o que garantiu o secretário-adjunto da SES e diretor do DAHA, Francisco Paz. “Será analisada a possibilidade de adiantar verbas para o município de Pelotas, com o comprometimento de que a prefeitura repasse um valor X para o hospital. Iremos ainda tentar alterar uma portaria para que possamos aumentar o valor pago pela diária” disse.

“Eu tenho muito orgulho de ser médico e estar deputado, por quatro anos, entre os anos de 1979 a 1982, fiz cadeiras de psicologia neste hospital, durante o período da faculdade” informou Pereira. Participaram ainda da audiência, o deputado Catarina Paladini (PSB), entre outras autoridades da região, como vereadores e representantes sindicais, além da secretária municipal de Saúde de Pelotas, Ana Lúcia Pires e o delegado regional da 3º CRS, Gabriel Andina.

O Hospital

A especialidade do Hospital Espírita de Pelotas é a psiquiatria. São prestados serviços de internação hospitalar, ambulatorial e de pronto atendimento 24h para a população de Pelotas e também de outros municípios. Atualmente, são ofertados 199 leitos, sendo que 160 são destinados ao Sistema Único de Saúde (SUS) e o restante através de convênios.

Texto e foto: Rafael Ribeiro / Jornalista MTE 17665

Bookmark and Share

0 comentários: