RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Morro Redondo sedia Reunião Técnica sobre Apicultura

O município de Morro Redondo apresenta um grande potencial para o desenvolvimento da Apicultura, não só pelas suas características geográficas, mas pela diversificação da agricultura familiar e o turismo, que está em franca ascensão pelas belezas naturais da região.
Por essas razões, o Escritório Municipal da Emater/RS-Ascar tem se dedicado ao tema da apicultura. No dia 31 de janeiro aconteceu a segunda Reunião Técnica sobre Apicultura no município. A primeira foi no final de setembro do ano passado. Com o objetivo de aprimorar técnicas de manejo das colmeias e criar o Grupo de Apicultores de Morro Redondo, o evento foi organizado pela Emater/RS-Ascar em parceria com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural, com a Associação de Desenvolvimento Comunitário dos Produtores do Morro Redondo e Embrapa, com a presença de 15 apicultoras e apicultores do município.
Pela manhã, foram proferidas palestras pela médica veterinária do escritório municipal, Adriane Lobo, pelo gerente-adjunto de Pelotas, Ronaldo Maciel, e por Luis Wolff, pesquisador da Embrapa Clima Temperado na área de apicultura. Em seguida, Wolff coordenou a elaboração do Calendário Apícola, considerado um importante instrumento para o manejo das colmeias, pois é a partir deste documento que é organizado o trabalho e definidas as ações para as possíveis safras do ano. Como essas indicações variam de região para região, é muito importante que esse Calendário seja construído através das informações dos próprios apicultores.
No período da tarde, foi realizada uma prática na propriedade do produtor Américo Paiva, onde, além de serem feitas observações sobre a localização do apiário, os participantes puderam acompanhar e fazer a inspeção das colmeias e a observação dos favos. Ao final, na avaliação dos participantes, o evento foi considerado muito importante, pois muitos criam abelhas porque os pais já criavam, mas nunca tinham tido a oportunidade de receber maiores orientações sobre o assunto. Nesse momento, todos concordaram sobre as vantagens da criação do grupo e ficou acertado o próximo encontro para março, na sede da Associação de Desenvolvimento Comunitário dos Produtores do Morro Redondo.
Assessoria de Imprensa da Emater/RS-Ascar – Regional Pelotas


Bookmark and Share

0 comentários: