RSS
email

Ponto Com Celulares

O ESCRITÓRIO

HD SAT

Coisas & Tal

Coisas & Tal

Laureano Advocacia

Eliezer Rutz Antenas

LEI DE CONSERVAÇÃO

O instinto de conservação, que é lei da natureza, é comum a todos os seres vivos. A vida corpórea é necessária ao aperfeiçoamento dos seres. Outros recursos estão relacionados com a necessidade de viver. 
Os meios de conservação devem ser obtidos pelo homem, sendo que Deus oferece-lhe todas as condições para consegui-los, como os recursos naturais e a inteligência. A ciência e a tecnologia, com muito trabalho, proporcionam a conquista do necessário e a melhoria das condições de vida. Exemplos estão na agricultura, nos transportes, na medicina, comunicações e em todas as áreas de atuação humana. A filantropia tem feito que o infortúnio e o sofrimento encontrem onde se refugiem. 
O conhecimento da vida futura real, não desfigurada por ficções alegóricas, faz com que o instinto de conservação seja apenas benéfico, sem gerar o egoísmo, vício radical, que prejudica a vida própria e a dos outros.
A alimentação e o respeito à vida são contemplados em O livro dos espíritos, também com o seguinte: a) no item 723, consta que dada a constituição física do homem na Terra, a alimentação animal lhe é necessária. A lei de conservação lhe prescreve, como um dever, que mantenha suas forças e sua saúde, para cumprir a lei do trabalho, tendo que se alimentar conforme o reclame a sua organização; b) no item 182, no entanto, lemos que à medida que o Espírito se purifica, o corpo que o reveste se aproxima igualmente da natureza espírita, tornando-se menos densa a matéria. Com isto, menos grosseiras se lhe fazem as necessidades físicas, não mais sendo necessário que os seres vivos se destruam mutuamente para se nutrirem; c) no item 709, é salientado que por mais crítica que seja a situação, jamais o homem deve sacrificar seus semelhantes para matar a fome, pois, como está no item 880, o primeiro de todos os direitos naturais do homem é o de viver. A vida é sempre desejada, por mais que esteja errada, ninguém quer a morte, só saúde e sorte. 
O Espírito é imortal. O homem pode e deve, sempre, progredir intelectual e moralmente, para o que é necessária a vida corpórea. Por isso que esta precisa ser cuidada, bem aproveitada e prolongada ao máximo, consoante à lei de conservação. 


Liga Espírita Pelotense, Rua  Andrade Neves, 981
E-mail: contato@lep.org.br -  Fone: 3278 2660


Bookmark and Share

0 comentários: