RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

LEI DE ADORAÇÃO

A adoração consiste na elevação do pensamento a Deus. Assim começam as informações sobre o assunto no capítulo dois da terceira parte de O livro dos Espíritos. 
Podem ser incluídos, também, a glorificação e o amor de Deus que é que guardemos os seus mandamentos (1 apóstolo João 5:3) e deve ser “de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento” (Mateus 22:37). Portanto, pelo cumprimento do dever perante Deus e com o sentimento, pois a adoração verdadeira é do coração, sendo que a exterior só é útil se não consistir num vão simulacro. Nem tampouco serve uma vida contemplativa, embora sem fazer o mal e com o pensamento só em Deus, pois não fazer o bem já é um mal. Deus quer que o homem pense nele, mas não quer que só nele pense.
Também, agrada a Deus a prece ditada pelo coração, pois ela é um ato de adoração e, além dos objetivos de pedir e agradecer, serve para louvar. A prece, ainda, torna melhor o homem, porquanto aquele que ora com fervor e confiança se faz mais forte contra as tentações do mal, sendo que o essencial não é orar muito, mas orar bem e ter presente que as boas ações são a melhor prece, por isso que os atos valem mais que as palavras.
A importância do amor a Deus, único, inteligência suprema, causa primária de todas as coisas é muito importante para evitar a idolatria a seres limitados e falíveis ou a adoração e cultos a muitos seres supostamente poderosos, inclusive figuras e imagens, algo semelhante ao politeísmo. Vale lembrar o que consta no primeiro mandamento recebido por Moisés.
Sacrifícios inúteis, próprios ou do que quer que seja, não caracterizam adoração. O que é útil agrada a Deus, o que é inútil não o agrada e o que for nocivo lhe será sempre desagradável. (O livro dos Espíritos, questão 725). “Misericórdia quero, e não sacrifício.” (Mateus, 9:13 e 12:7).
A glorificação a Deus deve ser através da gratidão, do reconhecimento, da admiração, da prece e, máxime, das boas ações, para que seja cumprida a lei de adoração.   


Liga Espírita Pelotense, Rua  Andrade Neves, 981
E-mail: contato@lep.org.br -  Fone: 3278 2660

Bookmark and Share

0 comentários: