RSS
email

Rodeio In Fest - em Setembro

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Greve dos servidores da UFPel é suspensa

Está suspensa a greve dos servidores da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A decisão foi tomada no final da manhã desta quarta-feira (14), em assembleia geral que provocou mais de três horas de debate. Os técnico-administrativos voltam às atividades nesta quinta, após 59 dias de paralisação. No encontro, a categoria também decidiu pela criação de uma Frente de Resistência à Democracia e já anunciou: a greve se encerra, mas a mobilização e a luta permanecem. O próximo alvo será a Reforma da Previdência, já apresentada pelo governo de Michel Temer (PMDB).

O contato direto com a comunidade, portanto, não termina aqui. A expectativa é de que os servidores mantenham manifestações, como as panfletagens em sinaleiras, com objetivo de alertar a população sobre as alterações que estão por vir em 2017, tanto na Previdência, quanto com a Reforma Trabalhista. "A grande vitória do nosso movimento foi ter chegado à população, para que ela entenda o quanto o voto que ela dá na urna é importante. Foi o maior ganho que tivemos", sustentou a coordenadora geral da Associação dos Servidores (ASUFPel), Maria Tereza Fujii, um dia depois de a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) do Teto de Gastos ter sido aprovada pelo Senado Federal.

Expectativa
Na tarde desta quarta-feira é a vez dos técnico-administrativos e professores do Instituto Federal Sul-rio-grandense (IF-Sul) se reunirem para avaliar se encerram ou não a greve, iniciada em 31 de outubro. Um dos principais focos da mobilização também era a PEC 55, que limitará os gastos públicos pelos próximos 20 anos. Com uma base larga no Congresso Nacional, o Governo Temer conseguiu aprová-la, com facilidade, na Câmara dos Deputados e também no Senado.(Diário Popular)

Bookmark and Share

0 comentários: