RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

A verdadeira propriedade


O homem só possui como seu o que pode levar deste mundo. O que encontra ao reencarnar e o que deixa ao partir, desfruta somente durante sua permanência na Terra. Mas, como é forçado a despojar-se de tudo ao desencarnar, tem apenas o usufruto e não a posse real das coisas. O que possui ele, então? Nada do que se destina ao uso do corpo e tudo o que se destina ao uso da alma, ou melhor, a inteligência, os conhecimentos e as qualidades morais. Isso é o que ele traz e leva consigo, e o que ninguém pode lhe roubar, e que será muito mais útil no outro mundo do que neste. Dependerá de ele ser mais rico ao partir do que  quando chegou, pois sua posição futura resultará do que tiver conseguido com boas ações. Quando um homem vai a um país distante, arruma sua mala de acordo com o que vai utilizar durante a viagem, não se sobrecarregando com o que lhe será inútil. Fazei, pois, da mesma forma com relação à vida futura, e abastecei-vos com tudo o que nela vos puder ser útil. 
Ao viajante que se hospeda, dão-lhe boas acomodações, se puder pagar por elas; aquele que tem pouco, dão-lhe as menos confortáveis; quanto ao que nada tem, vai dormir ao relento. O mesmo acontece com o homem quando chega ao mundo dos espíritos: o lugar para onde será conduzido depende do que possui. Mas não é com ouro que ira pagar por ele; tampouco ninguém lhe perguntará: “Quanto tinhas na Terra? Que posição ocupavas? Eras príncipe ou um modesto operário?”  Contudo, é certo que lhe será perguntado: “O que trazes contigo?” Não será contabilizado os seus bens nem os seus títulos, mas o somatório de suas virtudes. Por isso, mediante essa avaliação, o operário pode ser mais rico do que o príncipe. Em vão alegará que antes de partir pagou com ouro sua entrada; pois terá como resposta: os lugares aqui não são comprados, são obtidos pelo bem que se praticou. Com a moeda terrestre, conseguiste comprar terrenos, casas e palácios. Mas aqui tudo é pago com as qualidades da alma. És rico dessas qualidades? Sê bem-vindo, e passa para a primeira fila, onde todas as alegrias te esperam. És pobre de qualidades? Passa então para a ultima, onde serás tratado de acordo com tuas posses e terás oportunidade de aprender e recomeçar.   


Liga Espírita Pelotense,  Andrade Neves, 981.
E-mail: contato@lep.org.br - Fone: 3278 2660


Bookmark and Share

0 comentários: