RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Vinícius Pegoraro vence eleição em Canguçu

Vinícius e Fininho - Coligação PMDB/PSDB e PRB eleitos com 14.977 votos

O PMDB está de volta a Prefeitura Municipal de Canguçu. Em uma eleição emocionante, disputadíssima, ao final o jovem vereador fez 41,77% dos votos válidos tornando-se o o administrador do município, a partir de Janeiro de 2017, ao lado de seu vice o Professor Fininho (PSDB).

Desde 1992 o PMDB não elegia um Prefeito em Canguçu e Vinícius, além disso, promoveu a reorganização do partido que estava com suas estruturas enfraquecidas de sucessivas derrotas. Ainda aumentou o número de cadeiras na Câmara Municipal para seu partido, e na coligação.
Como dizia o jingle do candidato "Canguçu abraça o novo". Em entrevista para Rádio Liberdade AM, Pegoraro disse que pretende - já a partir de segunda-feira (03) - buscar um encontro com o Prefeito Gérson Nunes (PT) para tratar da transição.
O futuro vice-prefeito, professor Fininho (PSDB), destacou que o novo governo deverá buscar ações prioritárias na saúde, educação e estradas. Agradeceu a comunidade Canguçuense que o acolheu e deu uma chance de ser vereador e agora vice-prefeito.

BIOGRAFIA DE VINÍCIUS
Vinicius Pegoraro, natural de Canguçu, na Região Sul do Rio Grande do Sul, nasceu em 2 de Dezembro de 1985, filho de Carlos Eugênio Carniato Pegoraro e Beatriz Müller Pegoraro.
É formado em odontologia pela Universidade de Santa Cruz do Sul, onde foi Presidente, no ano de 2010, do Diretório Acadêmico de Odontologia.
Profissionalmente atua como cirurgião-dentista no Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Canguçu e em consultório próprio.
Sempre foi filiado ao PMDB sendo presidente da JPMDB Canguçu por duas oportunidades, e também presidente municipal da sigla. Assumiu seu primeiro mandado eletivo em janeiro de 2013, sendo o terceiro vereador mais votado de Canguçu e o mais votado do PMDB, exerceu ainda em 2013 a função de Presidente do Legislativo Municipal.

CONCORRENTES
Ficaram para trás na disputa o ex-prefeito Cássio Mota (PP) - que disputou voto a voto até o final -  e o atual Prefeito Gérson Nunes (PT). Mota fez 14.096 votos (39.22%). Nunes teve uma queda assombrosa de votos. Em 2012 fez 15.273 votos e na tentativa da reeleição, em 2016 fez apenas 6.782 votos, ou (18.92%)

Bookmark and Share

0 comentários: