RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Cosulati transfere assembleia para 08 de novembro

Um novo capítulo na história de um empreendimento cooperativo que agoniza em meio a uma crise que faz tremer suas estruturas. Está marcada para o dia 8 de novembro mais uma assembleia da Cooperativa Sul-Rio-Grandense de Laticínios (Cosulati) para tentar encontrar uma solução aos inúmeros problemas que a cercam.

Será no Galpão Crioulo da Associação dos Funcionários da Cosutali, na rua Dario Franz, 50, ao lado da usina da Cooperativa, em Capão do Leão,

Juntamente com o edital de convocação publicado na edição de hoje dos jornais Diário Popular e  Diário da Manhã, de Pelotas, o Conselho Deliberativo da Cosulati publica um comunicado pelo qual anula edital anterior que convocava assembleia geral extraordinária para o dia 20 deste mês. Há indícios que um grupo expressivo de associados, dentre pequenos e médios produtores rurais, estaria articulando movimentação no sentido de impedir uma auto-liquidação da Cooperativa.

Na ordem do dia da nova convocação, além da análise da situação econômica e financeira da Cooperativa, o termo liquidante aparece em três momentos num contexto que fala em “dissolução voluntária”. O penúltimo item do edital fala em “e autorização para que o liquidante possa contrair empréstimos e prosseguir na atividade social, como define a Lei 5.764/71 em seu artigo 70”, o qual apresenta a seguinte redação:

“Sem autorização da Assembléia não poderá o liquidante gravar de ônus os móveis e imóveis, contrair empréstimos, salvo quando indispensáveis para o pagamento de obrigações inadiáveis, nem prosseguir, embora para facilitar a liquidação, na atividade social”.  Ou seja, o calvário da Cosulati prossegue em mais um capítulo. (Informações Diário da Manhã)

Bookmark and Share

0 comentários: