RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Leitor sugere abrigo de ônibus na BR 392

Nosso leitor Fabrício Zanetti escreve para o site relatando problema enfrentado por ele e outras pessoas que utilizam transporte coletivo no trevo de Morro Redondo e enfrentam as intempéries do tempo pela falta de um abrigo no local. Zenetti revela que tentou contato com os responsáveis pela rodovia, mas não teve uma resposta positiva. Mesmo assim continua pedindo ajuda para solucionar o problema. Confira:

Tragédia Anunciada.
Sou usuário do transporte coletivo, durante os dias de chuva principalmente, presencio uma cena que me deixa apavorado só de olhar, usuários do transporte coletivo que esperam no ponto de parada que fica no trevo de acesso a cidade de Morro Redondo, utilizam o único abrigo que existe naquele local(para se abrigarem da chuva e frio), quando avistam o ônibus sentido Pelotas - Canguçu, atravessam a rodovia entre os veículos, correndo um alto risco de serem atropeladas, diante desta cena, entrei em contato com a empresa administradora da rodovia. Relatei o fato, solicitei a construção de um abrigo ao lado contrário do já existente, para minha surpresa o responsável da empresa que me atendeu me disse que por não constar no contrato como melhoria na rodovia a empresa não dispunha de orçamento para este tipo de serviço. Então me pergunto, vamos aguardar algo acontecer para depois tomarmos uma providência? Porque não anteciparmos, e solucionar algo que é tão simples.

Muito Obrigado.

Att.
Fabrício Zanetti


Resposta ao leitor – Canguçu em foco:

Em resposta ao comentário do leitor Fabrício Zanetti, no site Canguçu em foco, a Ecosul informa que a construção de abrigos de ônibus não é de sua responsabilidade. Da mesma maneira que a manutenção dos abrigos implantados pelos entes municipais, não é de dever da concessionária. Saliento que estamos sempre à disposição para esclarecimentos aos usuários.

Atenciosamente,

Johny Calegaro
Assessoria de Comunicação Institucional da Ecosul

Bookmark and Share

1 comentários:

Vani disse...

Também uso o transporte coletivo e pego o ônibus justo nessa parada, e já solicitei também a Ecosul, a construção de um abrigo no lado oposto da via, prevendo justamente a mesma situação que o colega Fabrício com quem me solidarizo. Foram bastante educados, me ligaram uma semana depois para informar que não será possível a construção de um abrigo, e que no contrato da ecosul para a manutenção da estrada, não tem previsão para construção de abrigos. Mas na hora de cobrar um valor altíssimo pelo pedágio, eles sabem.