RSS
email

Rodeio In Fest - em Setembro

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Financiamento da Fumicultura deve ser revogado até agosto

O deputado federal Heitor Schuch (PSB/RS) saiu otimista da audiência com o secretário especial da Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, José Ramos Roseno, na quarta-feira (6), em Brasília, sobre a Resolução 4.483, do Banco Central, que mexe nos tetos de financiamento da fumicultura. O assunto vem sendo encaminhado junto ao Ministério da Fazenda e uma nota técnica está sendo redigida. A expectativa de Schuch é que o anúncio formal possa acontecer no dia 2 de agosto, quando Roseno estará na Fetag, em Porto Alegre. “Ficamos um pouco mais tranquilos com o apoio do secretário para a nossa causa. Precisamos que o governo todo entenda a inoperância dessa medida, que provocaria enormes prejuízos aos fumicultores”, afirmou Schuch.

A resolução, que entrou em vigor em 1 de julho, obriga os produtores de tabaco que forem acessar crédito para investimento dentro do Pronaf a comprovar 30% da receita gerada por meio de outras culturas, que não a fumicultura. Patamar que subiria para 40% na safra 2017/2018 e 50% na safra 2018/2019. Atualmente, o percentual mínimo exigido é de 20%. “Essa medida, em vez de facilitar o processo de diversificação da lavoura do fumo, teria um efeito contrário, porque a renda bruta gerada pela atividade é muito elevada e a maioria das culturas alternativas nas propriedades são de subsistência, não geram um valor comercial suficiente para comprovar a renda mínima exigida”, avaliou Schuch.

Bookmark and Share

0 comentários: