RSS
email

Rodeio In Fest - em Setembro

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Semana do Servidor Público - Bradesco

Eliezer Rutz Antenas

BM promete aumentar a fiscalização para inibir o Abigeato em Canguçu

            Em Canguçu, 54% da população de 55 mil habitantes vivem na Zona Rural, o município é conhecido nacionalmente, como a capital Latino-americana da Agricultura Familiar. Mas, nem tudo é perfeito. Diariamente estão ocorrendo os famosos furtos de animais domesticados, de carga e de abate, o crime é conhecido como abigeato. Segundo o deputado Pedro Pereira (PSDB), tem que haver mais fiscalização e barreiras policiais “é preciso agilidade da Brigada Militar, do patrulhamento rural, pois ninguém mais aguenta essas práticas absurdas, é uma sensação de impunidade” declarou.  

            Para procurar uma solução, o parlamentar tucano, reuniu uma comitiva do munícipio em Porto Alegre. O grupo formado por representantes do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Sindicato Rural, além do prefeito municipal, vereadores e do diretor da Federação da Agricultura do Estado (Farsul), Hermes Ribeiro. Eles foram recebidos pelo secretário de Segurança Pública, Wantuir Jacini, pelo comandante do Comando Regional de Polícia Ostensiva (CRPO) da Região Sul, Nelson Menuzzi, além de outros integrantes da inteligência da Brigada Militar e da Policia Civil.
            O grupo implorou e cobrou por ações rápidas e eficientes da Brigada Militar, no combate ao abigeato. A ação dos criminosos segundo eles, ocorrem durante a madrugada, onde os animais são abatidos, carneados e vendidos posteriormente em qualquer lugar, a preço de banana. A cúpula da Brigada Militar, prometeu reforçar o patrulhamento rural, além de montar barreiras em lugares estratégicos, além disso, outras atitudes serão estudadas. “Saímos daqui com esperança de dias melhores, certamente com mais fiscalização, outros crimes serão descobertos, como o tráfico de drogas e o contrabando” finalizou Pereira.     

Bookmark and Share

0 comentários: