RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

CRESOL SUL CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

FORTÍSSIMOS VENTOS EM ALTITUDE TRAZEM NEBULOSIDADE

Com todo esse frio e sem a presença de uma frente fria como se explica a presença de tantas nuvens sobre o Rio Grande do Sul nesta segunda-feira? A resposta está quilômetros acima, em elevadas altitudes, onde atuam as chamadas correntes de jato (corredores de vento forte que se deslocam de Oeste para Leste), a cerca de 9 a 11 mil metros de altitude. Duas correntes de jato, a Polar Norte e a Subtropical, atuam neste momento no Rio Grande do Sul, o que perturba a atmosfera e gera nebulosidade. Modelos analisados indicam vento a cerca de 10 km de altura ao redor de 300 km/h, o que foi corroborado pela observação. A sonda no balão meteorológico lançado hoje de manhã da Base Aérea de Santa Maria mostrou vento de 315 km/h a 11600 metros de altitude. Como, obviamente, surgirá entre alguns a dúvida, esta corrente de vento de 300 km/h em altitude não traz risco para a gente em superfície. Elas são comuns! Apenas esta é mais intensa que o normalmente observado em nossa região. (Meteorologistas Luiz Fernando Oliveira Nachtigall e Estael Sias).


ATENÇÃO - ALERTA DE FRIO MUITO INTENSO |
O Rio Grande do Sul teve nesta segunda-feira o 12º dia do ano com temperatura negativa com o registro de -0,6ºC em Soledade. A MetSul Meteorologia antecipa que o frio não dará trégua nesta semana e adverte que deverá se intensificar e até muito. Ar mais seco e frio trará noites de mínimas próximas de 0ºC ou negativas na maioria das regiões com formação de geada generalizada nos próximos dias. Na segunda metade desta semana, principalmente, as mínimas vão cair mais por conta da atmosfera seca. Não afastamos marcas de 0ºC a 2ºC na área metropolitana de Porto Alegre e mínimas ao redor de 5ºC ou 6ºC abaixo de zero nos Aparados.
Atenção! Todos os dados indicam para o final da sexta-feira e próximo fim de semana a chegada de ar polar ainda mais gelado que vai trazer frio intenso para uma extensa área na parte central da América do Sul, alcançando o Sul, o Centro-Oeste e o Sudeste do Brasil. O vento se somará à queda de temperatura no próximo fim de semana aqui no Rio Grande do Sul e deixará a sensação térmica significativamente baixa com valores abaixo de zero. Mesmo as tardes terão frio intenso com este novo potente pulso de ar frio vindo da Antártida. Localidades de maior altitude podem registrar “geada negra” (decorrente do vento) e os valores de sensação e temperatura oferecerão risco de vida (hipotermia) para os moradores de rua. Alguns modelos sugerem precipitação acompanhando temperatura propícia à neve entre sexta e sábado, porém somente no curto prazo é possível fazer um prognóstico do fenômeno.

Com a chegada deste poderoso pulso de ar polar no final da semana, o frio se prolonga e o começo da próxima semana seguirá com temperatura muito abaixo do normal neste que já é climatologicamente o período mais frio do ano. Dados analisados hoje pela MetSul indicam que somente na segunda quinzena do mês, após o dia 16 ou 17, o frio poderia dar trégua com a chegada de ar mais ameno ao Rio Grande do Sul que interromperia a sequência de dias com marcas negativas e/ou próximas de zero. (Meteorologista Luiz Fernando Nachtigall )

Saiba mais CLICANDO AQUI

Bookmark and Share

0 comentários: