RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Pelotas decreta situação de emergência devido às chuvas

O prefeito Eduardo Leite decretou situação de emergência no Município de Pelotas na tarde desta sexta-feira (6/5/16) devido às perdas causadas pelas fortes chuvas que atingiram a cidade entre os meses de março e abril. Laudos da Defesa Civil apontam prejuízos de quase R$ 80 milhões, tanto no setor público quanto privado. São R$ 55,4 milhões da produção agrícola, setor privado, e R$ 21,9 milhões do setor público, com problemas de infraestrutura (defeitos de estradas – entre asfalto, ensaibramento e pavimentação – pontes e a Unidade Básica de Saúde (UBS) Grupelli, que foi bastante prejudicada.
         Foi assinado um ofício, que será encaminhado à Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil e governo estadual, que pede reconhecimento da situação de emergência, solicita a homologação do Decreto e a prorrogação do pagamento das dívidas de produtores rurais que foram afetados pelas chuvas e que possuem atividades ligadas à agricultura.
             Eduardo afirmou que “o decreto de situação de emergência respalda os encaminhamentos frente à perda que os agricultores tiveram na lavoura de soja, milho, leite, arroz e hortaliças”. De acordo com o vice-presidente do Sindicato Rural de Pelotas, Fernando Rechsteiner, os produtores perderam a produção porque o período de colheita começaria nas três semanas de chuva que atingiram o Município, o que provocou prejuízos consolidados.

          A assinatura do Decreto ocorreu durante reunião no Paço Municipal com a presença da vice-prefeita Paula Mascarenhas, do secretário de Desenvolvimento Rural, Wilson Karnopp e representantes do Sindicato Rural, Defesa Civil, Associação dos Arrozeiros, Emater, Irga e Danby Cosulati. (Prefeitura de Pelotas-RS)

Bookmark and Share

0 comentários: