RSS
email

Rodeio In Fest - em Setembro

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Semana do Servidor Público - Bradesco

Eliezer Rutz Antenas

PDT expulsa Cherini por ter votado em favor do impechment

O diretório nacional do PDT expulsou nesta segunda-feira (30) o deputado federal do Rio Grande do Sul Giovanni Cherini. A medida é confirmada pela assessoria da sigla no Estado e foi tomada como punição por Cherini ter votado a favor da admissão do processo de impeachment da presidente agora afastada Dilma Rousseff, em votação em 18 de abril no plenária da Câmara dos Deputados.
O PDT havia advertido que parlamentares que votassem pelo processo seriam expulsos. O Estado tem mais dois deputados federais pedetistas. Afonso Motta votou contra o processo e Pompeu de Mattos, que é o atual presidente estadual do partido se absteve-se. Outro pedetista que votou favorável ao prosseguimento foi o senador Lasier Martins, no Senado.
Os deputados Sérgio Vidigal (ES) e Flávia Morais (GO) foram suspensos por 40 dias.
Cherini diz que vai recorrer da decisão de expulsão do PDT. "Vou lutar com unhas e dentes para permanecer no partido. Não tenho arrependimento nenhum quanto ao meu voto", diz o deputado Cherini. "Eu vivo um dos dias mais tristes da minha vida. Não cometi nenhum crime", completa Giovani Cherini.
Cherini, à direita, foi expulso do PDT.
Foto: Arquivo Pessoal/Augusto Pinz


Bookmark and Share

1 comentários:

LAURO DOMINGUES disse...

EU QUERO VER O DEPUTADO POMPEO EXPULSAR O LÁSIA MARTINS QUE TAMBÉM ABRIU SEU VOTO A FAVOR DO FASTAMENTO DA DILMA; SORETE PRA O GIOVANE POIS O PT E PDT JÁ TERMINARAM MESMO. QUALQUER PARTIDO VAI ABRIR AS PORTA PAR TI UM HOMEM QUE CUMPRE COM O POVO QUE LHE ELEGEU PARABÉNS, SE NÓS TIVÉSSEMOS MAIS POLITICO VOMO TU E O AFONSO RAM O RIO GRANDE ERA OUTRO, MAS SÓ NÃO VAI PRA O PEMDB.