RSS
email

Ponto com e Braga Celulares

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Impressão Radical

Impressão Radical

Eliezer Rutz Antenas

Canguçu tem 1 caso de Gripe A confirmado


Em boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado do RS o município de Canguçu aparece com um caso confirmado de Gripe A (H1N1). No mesmo boletim não há nenhum óbito confirmado pela doença. Também não foram divulgados mais detalhes do caso registrado no município ou foi feita alguma manifestação por parte da Secretaria Municipal de Saúde e Hospital de Caridade.
As informações foram atualizadas nesta sexta-feira (13) pela secretaria. O número de casos confirmados da doença no Rio Grande do Sul (RS) é de 244. Destes 49 mortes.
A Região Metropolitana concentra o maior número de casos confirmados de influenza no estado até o momento (51%), seguido da região da Serra (9%) e norte (8%). O município com o maior número de casos confirmados é Porto Alegre (33%). Entre os casos confirmados de influenza a mediana de idade foi de 37 anos, variando de 0 a 88 anos. A taxa de incidência está em 2,3 por 100 mil habitantes.
PERFIL DOS ÓBITOS
Do total de óbitos notificados, 43,7% foram por Influenza e, desses, 100% por A (H1N1). A região
com o maior número de óbitos foi a Metropolitana (47%). A mediana da idade entre os óbitos confirmados para Influenza foi de 51 anos, variando de 2 meses a 88 anos. A taxa de mortalidade foi de 0,44 por 100 mil habitantes, a taxa do país está em 0,22 por 100 mil habitantes.
Entre os casos e óbitos por Influenza, há um predomínio da existência de fatores e condições de risco: 78,7% e 73,5% respectivamente. A condição de risco mais frequente entre os casos são as pneumopatias crônicas e entre os óbitos ter mais de 60 anos

Medidas de prevenção
 Uma ação fundamental para diminuir a circulação dos vírus da gripe é a adoção de hábitos simples. Confira: 
 - Higienizar as mãos com frequência;
- Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
- Cobrir nariz e boca quando espirrar ou tossir;
- Higienizar as mãos após tossir ou espirrar;
- Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
- Não partilhar alimentos, copos, toalhas e objetos de uso pessoal;
- Evitar aperto de mãos, abraços e beijo social;
- Reduzir contatos sociais desnecessários e evitar, dentro do possível, ambientes com aglomeração;
- Evitar visitas a hospitais;
- Ventilar os ambientes.
Secretário Estadual de Saúde divulgou dados em sua conta no Twitter.


Bookmark and Share

0 comentários: