RSS
email

Rodeio In Fest - em Setembro

Morada das Figueiras

O ESCRITÓRIO

CREHNOR CANGUÇU/RS

CREHNOR CANGUÇU/RS

HD SAT

Semana do Servidor Público - Bradesco

Eliezer Rutz Antenas

FCDL-RS lança campanha "Salve o Brasil"

Por meio da Campanha de Mobilização intitulada "Salve o Brasil", a Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul - FCDL-RS quer ser porta-voz da sociedade e promover a reação diante da atual situação do país, que desagrada empresários, trabalhadores, enfim, todos os segmentos da população. 

A iniciativa, explica o presidente da FCDL-RS, Vitor Augusto Koch, é um grito contra a inércia que tomou conta do Brasil, defendendo bandeiras como menos impostos, mais investimentos em saúde, educação e segurança, promoção da livre iniciativa e gestão de qualidade com responsabilidade orçamentária dos governantes. 

- Grande parte do povo brasileiro ainda acredita no Brasil e vislumbra um futuro melhor para todos. Mas, para que isso se concretize, para que a economia e política estejam a favor da sociedade, é preciso usar essa fé com boa fé - salienta Vitor Koch. 

Para que a Campanha "Salve o Brasil" surta os efeitos almejados, é fundamental o apoio dos associados da FCDL-RS, no caso as Câmaras de Dirigentes Lojistas espalhadas pelo Rio Grande do Sul. A ideia é difundir o conceito de é possível seguir acreditando no Brasil, desde que sejam feitas mudanças sérias e profundas no atual sistema vigente. 

- Nossa intenção é sacudir, é agitar, é abraçar nosso país e mostrar de forma clara que é possível salvar o Brasil, sim, mas com uma gestão eficaz - enfatiza o presidente da FCDL-RS. 

Além de disseminar a campanha nas CDL’s, a Federação vai utilizar os meios de comunicação para reforçar a iniciativa e buscar a mobilização da sociedade não apenas do Rio Grande do Sul, mas de todo o país. 

- Precisamos corrigir as falhas de gestão do nosso país, buscando melhores formas de gerar riqueza e prosperidade. O mundo está repleto de exemplos de pleno sucesso. Seguir e não reinventar o que já está experimentado, pagando o custo dos erros da teimosia e paixões ideológicas sem conexão com a realidade da vida - reforça Vitor Augusto Koch. 

Na avaliação do presidente da FCDL-RS, os cidadãos precisam obedecer às leis, mas, também, pressionar para que sejam respeitadas por todos. Os governos e parlamentares tem a obrigação de fazer e respeitar a vontade da população, pois estão exercendo mandatos graças ao voto que receberam do cidadão. 

- Precisamos assumir, definitivamente, que a prosperidade se constrói através da produção, do comércio, da agricultura, da indústria e dos serviços. O empreendedorismo e o trabalho são os únicos pilares reais para se construir um futuro melhor e quanto mais qualidade, produtividade e agregação de conhecimento tiverem, maior será a recompensa de riqueza. Também é necessário valorizar ao máximo cada centavo que se paga de imposto. Exigir que a contribuição tributária do cidadão e das empresas à sociedade seja eficiente e eficazmente aproveitada. Isto significará melhor segurança, saúde, educação e infraestrutura com os menores impostos possíveis - diz Koch. 

Está na hora de cada gaúcho ser a voz da mudança, do otimismo, da força, da fé, da gestão. Que novos rumos sejam trilhados a partir desta mobilização cidadã. As crianças merecem um Brasil melhor para viver. Mais saudável, mais seguro, que ofereça saúde e educação de qualidade para todos. Um país onde os políticos sejam exemplos de ética e desenvolvimento e não de corrupção e malandragem.

Sobre a FCDL­RS

A Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul ­ FCDL­RS, fundada em julho de 1972, é uma entidade sem fins lucrativos, que tem como principal objetivo o desenvolvimento do setor varejista gaúcho, amparando e defendendo os interesses dos seus associados, através de uma agenda estratégica focada em tornar o setor referência mundial até o ano de 2017. Gestora Estadual do SPC, Serviço de Proteção ao Crédito, criado há 57 anos por lojistas, é hoje referência Estadual e Nacional em informação de crédito de consumidores inadimplentes, dados e indicadores de inadimplência e análise de risco nas vendas a prazo no varejo.

Bookmark and Share

0 comentários: