RSS
email

B&S Produções

HD SAT

HD SAT
0

Desligamentos programados da CEEE-D para Canguçu

19/09/2014 - sexta-feira - Canguçu
13:30 até às 17:00
Código 487598
Munícipo Canguçu
Bairros Atingidos Rural
Ruas Atingidas Est. Col Solidez do n.º 8196 ao n.º 15602 e adjacências.
Motivo EXECUÇÃO DE PODAS EM VEGETAÇÃO
Local dos serviços EST. COL SOLIDEZ
Consumidores atingidos 14
Os serviços serão realizados somente com tempo bom.
19/09/2014 - sexta-feira - Canguçu
14:00 até às 16:00
Código 487604
Munícipo Canguçu
Bairros Atingidos Rural
Ruas Atingidas Est. Coxilha Dos Pereiras do n.º 10260 ao n.º 16770 e adjacências.
Motivo EXTENSÃO DE REDE, INSTALAÇÃO DE UNIDADE TRANSFORMADORA
Local dos serviços EST. COXILHA DOS PEREIRAS
Consumidores atingidos 24
Os serviços serão realizados somente com tempo bom.
Read more
0

Homens presos pela polícia de Canguçu

Dois homens foram presos na quarta-feira (17) por envolvimento em uma série de furtos em Canguçu.

Com mandados de busca em mãos, a Polícia Civil localizou V.N.F., de 65 anos, na Travessa 5 da Estrada da Pedreira no Bairro Vila Nova. Com ele estava uma arma e ele foi preso por porte ilegal de arma, mas pagou fiança e acabou sendo liberado.

Na na rua Sebastião Ribeiro de Souza, no bairro Meskó  foram localizadas motos-serra furtadas, na casa de M.J.B.J., 30 anos. Ele encaminhado ao Presídio Estadual de Canguçu.

Os equipamentos são avaliados em R$ 3 mil, sendo que um deles ainda estava com a numeração de identificação legível.

Segundo a Polícia Civil, os furtos aconteceram principalmente no 1º Distrito, no Cerro da Boneca e Coxilha dos Campos. Moradores destas localidades que foram vítimas deste tipo de crime podem comparecer na Delegacia de Polícia para fazer o reconhecimento dos equipamentos. 

Read more
0

Culto Crioulo na Comunidade Bom Pastor


Read more
0

Biblioteca Pública promove exposição sobre a Semana Farroupilha

Exposição bibliográfica e de artigos ligados à cultura gaúcha permanecerá na Casa da Cultura até a próxima sexta-feira

A Semana Farroupilha é o ponto de partida para uma exposição que busca valorizar a cultura gaúcha e a história do Rio Grande do Sul. A iniciativa da Biblioteca Pública Municipal busca divulgar o acervo e transpor o conhecimento das páginas escritas para o cotidiano dos canguçuenses.

Embora a exposição tenha como tema a Semana Farroupilha, a iniciativa vai além das comemorações de setembro e propõe uma reflexão crítica sobre a formação do povo gaúcho. A história, o folclore, os poemas e os romances fazem parte da mostra bibliográfica, que divide o espaço com artigos campeiros e objetos relacionados à cultura gaúcha.

– Nossa intenção é divulgar o que a biblioteca tem de melhor sobre essa temática. Não apenas sobre a Semana Farroupilha, mas também os livros relacionados à história do Rio Grande do Sul como um todo – explica a bibliotecária Carina Pires.

A Biblioteca Pública já recebeu vários visitantes nesta semana. O espaço está aberto ao público das 8h30 às 11h30 e 13h às 16h30.

Foto/Texto: Xiru Gonçalves/Prefeitura de Canguçu  

Read more
0

Point Vídeo e Loja de conveniências


 Disponível para locação


Bairro Triângulo, Rua Manoel Dias dos Santos, 19

 fone 84492311 ,84245798

Read more
0

Janot quer suspensão de propaganda de Dilma sobre BC

A proposta da candidata do PSB, Marina Silva, de dar independência ao Banco Central caso seja eleita continua gerando polêmica. Dessa vez foi o procurador geral eleitoral, Rodrigo Janot, que pediu ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que determinasse a suspensão da campanha veiculada pela presidente e candidata à reeleição Dilma Rousseff (PT).

O filme – veiculado entre os dias 9 e 12 de setembro – relata a história de uma família que se senta ao redor de uma mesa para fazer a refeição. A comida, no entanto, é retirada enquanto o narrador aponta supostas consequências da proposta da candidata do PSB.

O procurador entendeu que a propaganda cria “artificialmente na opinião pública estados mentais, emocionais ou passionais”, conduta vedada pelo Código Eleitoral. Rodrigo Janot quer a suspensão imediata da propaganda, mas não defende em seu parecer – ao qual o jornal O Estado de S. Paulo teve acesso – direito de resposta à ex-senadora. O vídeo ainda é veiculado em inserções da coligação na TV e na internet.

Em texto publicado no site do Ministério Público Federal, Janot diz que não há espaço para direito de resposta quando se trata de crítica ou afirmação genérica. “A referida afirmação, ainda que controvertida, se insere dentro de um contexto de opinião pessoal acerca de um plano de governo. Ainda que a visão de que a autonomia do Banco Central signifique a entrega aos ‘banqueiros’ de um grande poder de decisão sobre a vida das pessoas, não constitui inverdade flagrante, apta a ensejar direito de resposta. Trata-se, quando muito, de uma interpretação polêmica acerca de um tema de relevância política.”

Os advogados da coligação Unidos Pelo Brasil, que representa Marina Silva, já haviam tentado a suspensão da propaganda junto ao TSE. No último dia 11 eles ingressaram com uma liminar solicitando direito de resposta no horário de propaganda de Dilma Rousseff (PT). O ministro Tarcísio Vieira de Carvalho Neto entendeu não ter havido declarações ofensivas à candidata Marina Silva, mas apenas crítica política. Por isso, segundo ele, a liminar foi indeferida.

A coligação de Marina alega que a propaganda ultrapassa dos limites da crítica política incutindo, na mente do eleitor, pânico por meio da encenação, que se sentirão ameaçados em sua subsistência como se sua própria comida fosse faltar no momento em que os banqueiros “tomassem” o poder do presidente da República e do Congresso Nacional.

Outra Conduta Vedada
Além da ação envolvendo a campanha de Marina também foi feita a retirada de uma propaganda contra a campanha do tucano Aécio Neves (PSDB)
No caso de Aécio, o mesmo ministro mandou que o PT retire do ar uma propaganda eleitoral que se refere à campanha tucana como “o programa dos desesperados”. Para Benjamin, a expressão teve clara intensão de diminuir os opositores. “Tal comentário é inadequado, desmoraliza o oponente na disputa e, por conseguinte, não se coaduna com a postura ética que deve nortear o debate político e as campanhas eleitorais. Por essa razão, deve ser coibido e sancionado com o máximo rigor.”

A determinação terá de ser cumprida até o julgamento final. O PT está sujeito à multa.

Outro lado

O TSE, por outro lado, deu uma vitória à Dilma ao determinar que o Conselho Regional de Medicina de Goiás (Cremego) interrompa o envio de uma carta a seus associados, a partir de um e-mail institucional do conselho, em que pede votos contra a presidente. Nesse caso, Herman Benjamin enxergou ilegalidade na iniciativa do Cremego e, em decisão liminar, determinou o fim da remessa da carta.

Cerca de 11 mil cartas foram disparadas pelo Conselho, que está sujeiro a pagar multa diária se descumprir a decisão. A lei eleitoral veda a utilização ou cessão de cadastros eletrônicos em favor de candidatos, partidos ou coligações.

Na carta, a categoria critica três iniciativas da gestão Dilma: vetos a pontos da Lei do Ato Médico; a autorização “indiscriminada” da abertura de novas faculdades de medicina, o do aumento de vagas nas instituições já existentes e a implantação do programa Mais Médicos.
Read more
0

Dilma tem 36%, Marina, 30%, e Aécio, 19%, aponta pesquisa Ibope

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (16) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para a Presidência da República:
- Dilma Rousseff (PT): 36%
- Marina Silva (PSB): 30%
- Aécio Neves (PSDB): 19%
- Pastor Everaldo (PSC): 1%
- Zé Maria (PSTU): 0%*
- Luciana Genro (PSOL): 0%*
- Eduardo Jorge (PV): 0%*
- Rui Costa Pimenta (PCO): 0%*
- Eymael (PSDC): 0%*
- Levy Fidelix (PRTB): 0%*
- Mauro Iasi (PCB): 0%*
- Branco/nulo: 7%
- Não sabe/não respondeu: 6%

* Cada um dos sete indicados com 0% não atingiu 1% das intenções de voto; somados, eles têm 1%

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal "O Estado de S.Paulo".
No levantamento anterior do instituto, encomendado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) e divulgado no dia 12, Dilma tinha 39%, Marina, 31%, e Aécio, 15%.

Segundo turno
O Ibope também simulou três cenários de segundo turno. São eles:
- Marina Silva: 43%
- Dilma Rousseff: 40%
- Branco/nulo: 11%
- Não sabe/não respondeu: 6%
- Dilma Rousseff: 44%
- Aécio Neves: 37%
- Branco/nulo: 12%
- Não sabe/não respondeu: 6%
- Marina Silva: 48%
- Aécio Neves: 30%
- Branco/nulo: 15%
- Não sabe/não respondeu: 8%
O Ibope ouviu 3.010 eleitores em 204 municípios do país entre os dias 13 e 15 de setembro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levarmos em conta a margem de erro de dois pontos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-00657/2014.
Espontânea
Na modalidade espontânea da pesquisa (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:
- Dilma Rousseff (PT): 31%
- Marina Silva (PSB): 24%
- Aécio Neves (PSDB): 15%
- Outros: 1%
- Branco/nulo: 10%
- Não sabe/não respondeu: 18%
Rejeição
De acordo com a pesquisa, a presidente Dilma tem a maior taxa de rejeição (percentual dos que disseram que não votam em um candidato de jeito nenhum). Nesse item da pesquisa, os entrevistados puderam escolher mais de um nome.
- Dilma Roussef: 32%
- Aécio Neves: 19%
- Pastor Everaldo: 17%
- Marina Silva: 14%
- Levy Fidelix: 12%
- Zé Maria: 12%
- Eymael: 11%
- Luciana Genro: 11%
- Mauro Iasi  : 10%
- Rui Costa Pimenta: 10%
- Eduardo Jorge: 9%
Avaliação do governo
A pesquisa mostra que a administração da presidente Dilma tem a aprovação de 37% dos eleitores entrevistados – no levantamento anterior, divulgado no último dia 12, o índice era de 38%. O percentual de aprovação reúne os entrevistados que avaliam o governo como "ótimo" ou "bom".
Os que julgam o governo "ruim" ou "péssimo" são 28%, segundo o Ibope. Para 33%, o governo é "regular". Os dois índices são os mesmos do levantamento anterior.
O resultado da pesquisa de avaliação do governo Dilma foi o seguinte:
- Ótimo/bom: 37%
- Regular: 33%
- Ruim/péssimo: 28%
- Não sabe/não respondeu: 1%

Read more
0

Setor do tabaco busca posição do governo sobre documento que será avaliado na COP6

O Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco) participou juntamente com representantes de outras entidades do setor do Seminário Aberto promovido pela Comissão Nacional para Implementação da Convenção Quadro para Controle do Tabaco (CONICQ), nesta terça-feira, 16 de setembro, em Brasília. O encontro, realizado na sede da Organização Panamericana da Saúde (OPAS), reuniu representantes de organizações e instituições interessados em temas tratados pela Convenção-Quadro para Controle do Tabaco (CQCT).


Segundo Tania Cavalcanti, secretária-executiva da CONICQ, o evento é uma preparação para participação brasileira na COP6 e tem como objetivo permitir a CONICQ ouvir as manifestações e contribuições dos presentes sobre os principais temas a serem deliberados pela 6ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro para Controle do Tabaco (COP6) que acontecerá de 13 a 18 de outubro de 2014, em Moscou, na Rússia. Representantes do Ministério da Saúde, OPAS e do Itamaraty também receberam as posições das entidades. No dia 24 e 25 de setembro, a CONICQ se reúne para debater as diversas posições da sociedade civil e entidades, entregues por escrito durante o Seminário Aberto, bem como dos diferentes ministérios e órgãos que compõe a Comissão. A partir deste encontro, a posição brasileira será oficializada e deverá ser publicada no site da CONICQ.
Os artigos 17 (diversificação) e 18 (proteção ao meio ambiente e à saúde das pessoas) foram os mais debatidos no encontro. Recentemente foi divulgado o documento-base do grupo de trabalho dos artigos que trata de questões da produção sustentável e acusa o tabaco de desmatamentos, trabalho infantil e forçado, contrato de trabalho injusto e disseminador de pobreza no campo, questões que estão ultrapassadas na realidade do produtor de tabaco brasileiro. Segundo Carlos Galant, executivo da Abifumo, a proposta brasileira deveria refletir a realidade da produção de tabaco no País. 
Marco Dornelles, representante da Afubra no encontro, defendeu maior participação dos produtores e se mostrou preocupado com questões relacionadas ao crédito. “É inadmissível respaldar propostas que limitam acesso ao crédito ao pequeno produtor. A prática seria uma grave agressão à Declaração Interpretativa assinada em outubro de 2005, quando da ratificação do Brasil da CQCT. Além disso, a Afubra está fazendo 60 anos e não temos tido acesso aos programas de diversificação que estão sendo propostos. Temos experiências positivas com convênios como Mais Água Mais Renda, Mais Grãos, Expoagro Afubra e teríamos muito a contribuir”, avalia. O representante da FETAG endossou a posição da Afubra.
“A indústria é amplamente favorável à diversificação e apoia iniciativas que gerem mais renda na pequena propriedade. O que deveria ser objetivo do documento é na verdade retratado com palavras como “reconversão” e “transmissão” de cultura. A medida de sucesso proposta, portanto, é a redução do número de produtores e da área cultivada com tabaco, e não o incremento de alternativas de produção e de renda. Sinalizamos também com preocupação a proposta do documento de responsabilizar unicamente a indústria por ações relativas às questões de segurança e saúde do produtor rural e meio ambiente. O setor produtivo do tabaco no Brasil é sustentado por um sistema de integração. A indústria é parte fundamental desta cadeia produtiva, mas não é única e tem se mostrado proativa em questões relacionadas à produção sustentável, atuando de forma a conscientizar, prevenir e combater problemas sociais e ambientais relacionados à produção de tabaco”, afirmou Iro Schünke, presidente do SindiTabaco. 
Luis Alberto Faria, vice-presidente da AmproTabaco, prefeito de Canoinhas (SC), defendeu a continuidade da produção de tabaco enquanto houver demanda e maior transparência e diálogo no debate. “Pedimos que a representação dos produtores e dos municípios produtores seja convidada a participar das reuniões da CONICQ com maior frequência, com o objetivo único de melhorar as práticas e legislar de forma adequada, até porque nós temos ampla experiência neste assunto. Um texto como este certamente seria escrito de forma a contemplar melhor a realidade do segmento no Brasil se contasse com a participação daqueles que estão diretamente envolvidos e que serão, por fim, os maiores interessados com os resultados”, avaliou.
Segundo Mesaque Veres, do Sindicato Rural de Irati, algumas das medidas poderiam desorganizar a cadeia produtiva legal. “No Paraná, 50% do tabaco consumido é oriundo de contrabando. Nosso intuito é avançar em um processo que evolua para um equilíbrio colaborativo, que possa contemplar as questões da saúde, mas que observe a proteção da cadeia produtiva legal”, disse.
Segundo Heitor Schuch, representante da Comissão da Agricultura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, a produção de tabaco é uma atividade econômica organizada há mais de 100 anos e que tem melhorado a vida de muita gente. “É preciso respeitar os produtores e os parques fabris instalados em nossos municípios. Para nós que somos legisladores, regrar é organizar interesses. Fica fácil legislar, para quem não está diretamente ligado, seja como produtores, indústria ou representantes de município. É preciso envolver quem está interessado”, defendeu.
Read more
0

5ª CRE conta com mais 45 professores aprovados no concurso de 2013

A 5ª Coordenadoria Regional da Educação (CRE), com sede em Pelotas, passa a contar com mais 45 professores nomeados no oitavo grupo de candidatos aprovados no concurso público 2013. 
O mutirão de posse ocorre nos dias 16 e 17 de setembro, na sede da Secretaria da Educação (Seduc). Nessa etapa foram chamados 1.159 professores, para atuarem em todo o Rio Grande do Sul. Com isso, o número de professores aprovados em 2013 já nomeados pelo Governo do Estado e que estarão em exercício das suas funções chega a 5.889. 
Além destes, a Seduc nomeou 5.500 professores aprovados no certame de 2012 e mais 937 aprovados no concurso de 2005, que obtiveram a decisão judicial favorável para garantia do cargo na rede estadual de ensino. No total, são 12.326 os docentes empossados entre 2012 e 2014. 
No período também foi normatizada por decreto estadual, a partir de decisão do Supremo Tribunal Federal de 2008, uma antiga reivindicação do magistério estadual, que define as funções exercidas por professores em escolas, como docência, direção e vice-direção, coordenação pedagógica e assessoramento pedagógico.
Read more
0

RS tem 280 espécies de animais ameaçadas de extinção

O Governo do Estado homologou no dia 09 de Setembro a lista de espécies da fauna gaúcha ameaçadas de extinção. A listagem, primeira atualização feita desde 2002, indica que o Rio Grande do Sul possui 280 espécies de sua fauna em algum grau de ameaça de extinção (Vulnerável, Em Perigo ou Criticamente em Perigo) além de 10 já extintas. Significa que estão ameaçados 22% dos mamíferos, 18% dos peixes de água doce, 16% dos anfíbios, 11% dos répteis e 14% das aves nativas do Rio Grande do Sul. A lista, coordenada pela Fundação Zoobotânica (FZB) com apoio da Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), é resultado do trabalho de 129 especialistas de 40 instituições que analisaram o estado de conservação de 1,6 mil espécies.

"Uma lista de espécies ameaçadas serve para subsidiar as políticas públicas e também como um termômetro de como o ser humano está tratando o ambiente natural", diz Glayson Bencke, coordenador geral do trabalho e pesquisador do Museu de Ciências Naturais da FZB. “Com essa atualização, o Rio Grande do Sul cumpre um dos principais compromissos assumidos pelo Brasil na Convenção sobre Diversidade Biológica (CDB) - reforçado recentemente pelas Metas de Aichi para a Biodiversidade”, reitera o diretor geral da Sema, o biólogo Luís Fernando Perelló. “Ou seja, trata-se de monitorar a biodiversidade produzindo listas de espécies ameaçadas e, partir daí, construir planos de ação para tentar reverter ou pelo menos estancar o quadro de espécies ameaçadas”, explica.
Os critérios, procedimentos e definições utilizados para a revisão da lista foram desenvolvidos pela União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, sigla em inglês), amplamente empregados em avaliações das condições de conservação de espécies em nível global e regional (países ou estados). A revisão periódica da lista é prevista tanto no Código Estadual do Meio Ambiente como no Decreto Estadual 41.672/2002, que também estabelece a obrigatoriedade da constituição de uma comissão multi-institucional formada por especialistas em fauna para coordenar o processo.

Tecnologia de ponta
Para a revisão da lista, foi desenvolvida pela FZB e Procergs uma ferramenta inovadora, o "Live", sistema digital operado via web. Ele auxilia na elaboração e revisão de listas de espécies ameaçadas de extinção, permitindo documentar e gerenciar todas as etapas do processo de organização das chamadas listas vermelhas. 
Graças ao Live, que permite acesso remoto às bases de dados, formulários de avaliação de espécies e documentos relevantes, a maior parte das atividades relacionadas à revisão da lista pode ser desenvolvida à distância, sem a necessidade de reuniões presenciais, o que viabilizou a participação de um grande número de especialistas e reduziu significativamente os custos do processo de reavaliação.
Ameaça por grupo (índice e número)
Invertebrados – 39% (49 espécies)
Peixes – 18% (74 espécies)
Anfíbios – 16% (16 espécies)
Répteis – 11% (12 espécies)
Aves – 14% (91 espécies)
Mamíferos – 22% (38 espécies)
Espécies por categoria de ameaça
Vulnerável – 99 espécies
Em perigo – 108 espécies
Criticamente em perigo – 73 espécies

Texto: Assessoria FZB
Read more
0

Regional da Emater de Pelotas recebe oito veículos novos

O escritório regional da Emater/RS-Ascar de Pelotas recebeu oito novos veículos, sendo quatro Fiat Pálio Fire Way 1.0, dois Fiat Gran Siena 1.6 e uma Pickup Chevrolet Saveiro, que serão utilizados para o trabalho técnico dos extensionistas junto às famílias beneficiadas, e uma Fiat Pálio Weekend 1.6 para a Unidade de Cooperativismo.

Os veículos foram adquiridos com recursos próprios e completam a marca de 958 incorporados à frota (entre próprios e cedidos), em três anos e meio, totalizando mais de 1.500 veículos utilizados para o trabalho de extensão rural no Rio Grande do Sul. “Estamos encerrando a entrega de veículos dessa gestão, atingindo a marca de quase mil incorporados à frota”, disse Lino De David.

“Esse total de veículos representa dois terços da frota atual. É um grande feito uma recuperação dessas em apenas três anos e meio. A gente anda por aí e vê que agora a Emater é outra, com mais gente trabalhando no campo, mais carros e novos, melhores escritórios”, avaliou o titular da SDR Elton Scapini acresentando que a reestruturação da Assistência Técnica e Extensão Rural e Social só foi possível graças um aumento de 102% do orçamento, somente oriundo do Estado. “De R$ 97 milhões para R$ 197 milhões”, comparou.

De David afirma que a incorporação de quase mil veículos à frota da entidade faz parte da reestruturação pela qual a Emater/RS-Ascar vem passando desde 2011. "Trata-se de uma decisão política de recuperar a assistência técnica e extensão rural e social gaúcha e priorizar a Agricultura Familiar. Com ampliação de 116% no orçamento geral, foram feitos fortes investimentos para a melhoria nas condições de trabalho, para os recursos humanos e para a qualificação da nossa intervenção junto aos agricultores familiares com o objetivo de garantir a qualidade de vida do homem no campo e a produção de alimentos saudáveis para o consumidor urbano, além da sucessão familiar”, destacou.

No mesmo período, a entidade que atende hoje cerca de 250 mil famílias anualmente, contratou 1.165 novos servidores, investiu mais de R$ 3 milhões em capacitação de técnicos e adquiriu 2.184 computadores. Além de ter sido recuperada a filantropia da Instituição.

Read more
0

Zona Sul recebe Congresso Internacional de Missões


Acontece dias 20 e 21 de Setembro de 2014 o 25º Congresso Internacional de Missões promovido pela Associação Missionário Internacional Gideões Missionários. O tema deste ano é: "Jesus esperança das nações (Mateus 12.21)"
O encontro será no Centro de Eventos Fenadoce, na BR 392 - acesso ao município de Pelotas. No Sábado (20) acontecerá a abertura a partir das 17h00min. Excursões de Canguçu já estão sendo programadas. Maiores informações com integrantes da Assembléia de Deus - Gideões Missionários de Canguçu.
Read more
0

ESF 02 na Mostra Regional de Saúde

A ESF 02 - Fonseca esteve representando o município de Canguçu na Mostra Regional de Saúde da Macrorregião Sul, realizada nesta terça-feira(16) em Pelotas. Com 4 trabalhos - Urgência/Emergência/ESF e Grupo de mães e bebês, apresentados pela médica de família e comunidade Andréa Minuzzi; Festa Caipira, apresentado pela agente comunitária de saúde Cleni Lang Timm e Dia 'D' de Combate à dengue, apresentado pela enfermeira Lisiane Lacerda Lange - Canguçu chamou atenção a algumas ações de saúde desenvolvidas na atenção básica do município. Os demais integrantes da equipe contribuíram imensamente com suas participações, caracterizando-se de personagens já tão conhecidos e queridos pela comunidade da Fonseca: Dentão, Zé Gotinha, Caipiras e Mosquitas da Dengue.










ESF 02 - Fonseca
Read more
0

NOTA DE FALECIMENTO

ESPOSO: JOÃO FRANCISCO FERREIRA.
FILHOS: CARMEM e família, VANIA e família, DIRCELAINE e família, ROGEM e família.
NETOS: CLEIDIRAM, JORGE MARCIO e demais familiares da sempre lembrada mãe, sogra, avó e bisavó.
**************************************
VALENTINA EVA DA SILVA BILHALVA
FALECIDA AOS 75 ANOS
Convida as pessoas de suas relações e amizade para           assistirem as cerimônias de encomendação e sepultamento desta ente querida, a realizar-se no dia 17/09/2014, às 10:00hs,saindo o féretro DA CAPELA  (B ) DO CEMITÉRIO MUNICIPAL DE CANGUÇU para este mesmoCEMITÉRIO.
PELO COMPARECIMENTO A FAMÍLIA ANTECIPA AGRADECIMENTOS
O féretro esta a cargo da:
ANGELUS SERVIÇOS FUNERÁRIOS
ANGELUS PAX INFORMA COM PESAR O FALECIMENTO DE
VALENTINA EVA DA SILVA BILHALVA
Read more
0

Canguçuenses e Cariocas unidos pela Cultura Gaúcha

Com uma parceria que nasceu em 1987, quando a invernada do CTG Sinuelo excursionou pelos pagos do Rio de Janeiro, o Grupo de Arte Nativa Joaquim Inouê, da Estância Turística Jonosake, do município carioca de Itaguaí, esteve em Canguçu para manter os laços de amizade renovados através da cultura tradicionalista gaúcha. Durante a segunda-feira (15) foram homenageados na Câmara Municipal de Vereadores e participaram de jantar festivo na sede social do CTG Sinuelo em promoção da invernada e grupo de veteranos do CTG.
Fotos: Dieiçon Ribeiro/Especial

Em Outubro será a vez da visita dos Canguçuenses a pagos Cariocas, Por lá já estão marcadas apresentações na Sociedade Sul Riograndense, na Capital, e na Estância Jonosake. Gaúchos em Qualquer Pago!
Read more
1

Som alto em fones de ouvido colocam médicos em sinal de alerta

Não é difícil presenciar a cena de uma criança ou adolescente com fones de ouvido, isolados do mundo e curtindo uma música com volume alto. A prática tem despertado atenção da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul e de médicos pediatras que estudam o assunto.

- É algo que nos preocupa demais. Inclusive temos dois livros com grupos de professores que falam do impacto da saúde através do uso da tecnologia e em ambos existem capítulos que tratam disso. A perda de audição é irreversível porque ele sofre um trauma acústico. Pode ser pelo uso repetitivo ou pelo uso agudo, que lesiona o ouvido. É motivo de alerta porque as crianças ou adolescentes vão perdendo a audição - afirmou a pediatra e hebiatra Suzana Graciela Bruno Estefenon.

Outro fator é comportamental e social na medida em que o adolescente deixa de se relacionar com outras pessoas. 

- Preocupa a sensação de isolamento do adolescente que se fecha ouvindo música, navegando na internet ou jogando vídeo-game o tempo inteiro sozinho. Claro que esse é um fator que implica e traz um impacto na saúde mental - completou a médica. 

O aparelho auditivo humano suporta até 60 decibéis (dB) durante 60 minutos a cada 24 horas. Períodos superiores a isso, e, principalmente, a níveis de som mais intensos, já são nocivos à audição.

Sobre a Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul

A Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul foi fundada em 25 de junho de 1936 com o nome de Sociedade de Pediatria e Puericultura do Rio Grande do Sul pelo Prof. Raul Moreira e um grupo de médicos precursores da formação pediátrica no Estado. A entidade cresceu e se desenvolveu com o espírito de seus idealizadores, que, preocupados com os avanços da área médica e da própria especialidade, uniram esforços na construção de uma entidade que congregasse os colegas que a cada ano se multiplicavam no atendimento específico da população infantil. Atualmente conta com cerca de 1.750 sócios, e se constitui em orgulho para a classe médica brasileira e, em especial, para a família pediátrica.

PlayPress Assessoria de Imprensa
Read more
0

I Seminário Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

A Prefeitura Municipal de Canguçu juntamente com o Grupo de Trabalho do Programa Prefeito Amigo da Criança estará realizando o I Seminário Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente. 
Que busca fomentar ações para a elaboração do Plano Municipal para a Infância e Adolescência.
O Programa Prefeito Amigo da Criança criado pela Fundação ABRINQ tem como objetivo comprometer e apoiar as gestões municipais de todo país na implementação de políticas públicas intersetoriais e participativas que garantam a proteção integral de crianças e adolescentes. 
PROGRAMAÇÃO - DIA 18/09
8:30 – Credenciamento

9:00 – Abertura Oficial

9:45 – Apresentação do Programa Prefeito Amigo da Criança

10:00 – Palestra “Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente”
    Luciane Cristina Silva Escouto 
    Coordenadora do Centro de Referência em Direitos Humanos -AVESOL 

12:00 – Intervalo 

13:15 – Apresentação dos Indicadores de Avaliação e Monitoramento do Mapa   do Programa Prefeito Amigo da Criança – PPAC

14:00 – Grupos de Trabalho

15:30 – Painel de Sistematização dos Grupos de Trabalho.

17:00 – Encerramento

Read more
0

Última semana para sorteados na CNH Social iniciarem sua habilitação

Os candidatos sorteados na segunda chamada da CNH Social têm até a próxima sexta-feira (19) para dar início a seu processo de habilitação. Os contemplados deverão encaminhar-se ao Centro de Formação de Condutores (CFC) no qual realizaram a inscrição para abrir seu serviço, de acordo com a categoria escolhida quando se inscreveram.
Além das condições e documentos necessários para a abertura do procedimento de habilitação, os candidatos assinarão declaração de responsabilidade e deverão apresentar comprovação de que se encontram domiciliados no Estado do Rio Grande do Sul há no mínimo dois anos. Para isso, serão considerados os seguintes documentos:
- comprovante de residência no nome do selecionado (contas de água, luz e telefone) com no mínimo dois anos de postagem, ou
- declaração, assinada pelo proprietário/locatário do imóvel onde reside o selecionado, atestando domicílio do/a candidato/a há, no mínimo, dois anos. Nesse caso, deve também será apresentada cópia de documento de identidade e de comprovante de residência no nome do/a declarante, ou
- comprovante de matrícula em qualquer instituição de ensino no Estado do Rio Grande do Sul, com no mínimo dois anos de expedição, ou
- contrato de trabalho, contracheque ou documento correlato que comprove vínculo empregatício no Estado há, no mínimo, dois anos.
Consulte a lista de contemplados, cronograma e mais informações sobre a CNH Social no link Institucional ou no CFC mais próximo.

Read more
0

Correção do FGTS está nas mãos da Justiça

Quem entrou com ação judicial pedindo a correção de saldos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por outro índice que não a Taxa Referencial (TR) vai precisar esperar até o Superior Tribunal de Justiça (STJ) liberar o julgamento das causas individuais e coletivas, suspensas pelo órgão a pedido da Caixa Econômica Federal (CEF). Desde o ano passado, sindicatos e trabalhadores de todo o país tentavam recuperar as perdas observadas no FGTS a partir de 1999, com a desvalorização da TR.
Para tentar solucionar a questão em definitivo, até a Defensoria Pública da União (DPU) do Rio Grande do Sul encaminhou ação civil pública coletiva à Justiça Federal do Rio Grande do Sul contra a CEF, pedindo a correção do FGTS. O objetivo era substituir a TR - usada como referência para o cálculo do benefício - por taxa em acordo com a inflação oficial do país a partir de janeiro de 1999.
Com o crescimento no número de ações - estas já ultrapassaram 50 mil em todo o país - em fevereiro desse ano o STF suspendeu todos os processos relacionados ao tema, incluindo as ações em trâmite nas instâncias comum, estadual e federal, juizados especiais e turmas recursais. A intenção é minimizar a insegurança jurídica causada pela dispersão jurisprudencial potencial dessas ações. A suspenção vale até o julgamento do Recurso Especial 1.381.683, sem previsão para acontecer.
Segundo a titular do Ofício de Direitos Humanos e Tutela Coletiva da DPU do Estado, Fernanda Hahn, é preciso aguardar o resultado final da ação para poder orientar devidamente os trabalhadores, pois, caso seja julgada procedente, a questão poderá ser resolvida de várias formas. No momento certo, os trabalhadores serão orientados sobre como devem agir.
Entenda
No ano passado o STJ revelou que os brasileiros com carteira assinada a partir de 1999 até 2013 teriam sofrido perdas no Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) devido à desvalorização da Taxa Referencial (TR) utilizada para o cálculo dos juros do benefício.
De acordo com cálculos feitos pelo órgão, a taxa não acompanharia a inflação do país, o que poderia significar um rendimento menor do FGTS. Por isso, o STJ considerou a correção do fundo pela TR inconstitucional, deixando de conceituar a taxa como indicador de revisão monetária.
Fonte: Diário Popular
Read more
0

Miragem - Por Rafael C.S.

Me fale um pouco de você
Me diga quem você é,
Ou, ao menos , quem pensa ser
Me diga o que você quer
E o que deseja ter

Me diga , me diga !!!
No que você acredita ?
O quanto pensa saber
Me digas o mundo onde habitas
Me diga se sabes viver

Me diga ó alma amiga
O quanto eu devo aprender
Me inspire e seja atrevida
Me faça não mais temer
Me faça não mais tremer !!!

Estamos todos no mesmo barco
E todos se perguntam onde vai
E todos ...
...os fortes e os fracos...
...nenhum sabe pra onde vai !

Eu ouvi uma voz me dizer
Não questione , aproveite a viajem
Ouça o som de Deus no amanhecer
Olhe a beleza de cada paisagem

A viajem segue a correr
Real hoje
Amanhã já miragem !!!!

http://rafaelrefugio.blogspot.com.br/
Read more
0

Posto de Identificação estará somnte com entrega de RG

O Posto de Identificação, junto a DP, comunica que está aberto somente para entrega de Carteiras prontas e informações, momentâneamente não está fazendo novas Carteiras de Identidade, por motivo de força maior. Assim que voltar ao atendimento normal, avisaremos através deste meio de comunicação
Agradecemos a compreenção de todos
Read more
10

Associação Pomerana entrega reivindicações ao Prefeito

A Associação Cultural Pomerana Canguçuense entregou, ao prefeito Gérson Nunes (PT), na última sexta-feira (12), um documento com reivindicações do grupo para ações voltadas a valorização da cultura pomerana em Canguçu. A entrega ocorreu na sala de reuniões da Prefeitura com a presença de diversos integrantes da associação e reitera pedido semelhante já de 2013 quando surgiu a associação.
O grupo pede, no documento entregue, a inclusão da disciplina de estudo da língua pomerana no currículo escolar ainda no ano de 2014. O município teve uma lei aprovada em 2010 sobre o tema e até o momento não colocou em prática. 
A associação pede, também, que seja feito intercâmbio cultural com municípios da região Sul, a exemplo de São Lourenço do Sul, e outros municípios dos estados do Espírito Santo (ES) e Santa Catarina (SC) que tem boas práticas na arte e no ensino da língua pomerana. Por fim também pedem a cedência, sob forma de comodato, do antigo prédio da escola Carlos Moreira, no Canguçu Velho - 1º distrito - para instalações futuras de um museu.

O prefeito Gerson Nunes se mostrou receptivo as ações e pretende estudar as solicitações. Durante o encontro ele também ouviu o relato dos integrantes da associação sobre diversas práticas regionais que tem se mostrado corretas na valorização da cultura pomerana e que podem servir de exemplo para o município.
Em Canguçu já está sendo ministrada a língua pomerana na escola estadual de ensino médio João de Deus Nunes de forma optativa e conta com 40 alunos. Na rede municipal a sugestão da inclusão da disciplina pode ser tanto no programa "Mais Educação" quanto nas disciplinas específicas já na grade curricular. 
A Associação Cultural Pomerana Canguçuense se reúne toda primeira terça-feira do mês e está aberta a participação de todos aqueles que busquem maior conhecimento sobre os pomeranos na intenção de preservar esta importante cultura tão forte na região.
Fotos: Augusto Pinz/Canguçu em Foco
Read more
1

Voto, urna e cidadania

Por Dom Jacinto Bergmann - arcebispo metropolitano da Igreja Católica de Pelotas
Ninguém em sã consciência ousaria negar que o voto constitui um instrumento secreto e decisivo do cidadão. Mas também ninguém em sã consciência afirmaria que o simples ato de votar, a cada dois anos, esgote em si mesmo os “direitos e deveres” de uma verdadeira cidadania.
É assim que entre as três formas de voto - voto de cabresto, voto de transferência e voto consciente - podemos dizer que enquanto a primeira vai diminuindo e a última crescendo, prevalece ainda a segunda forma de voto. Isto é, muitos eleitores votam e voltam para casa, como se a urna fosse o lugar para transferir aos representantes eleitos o exercício da própria cidadania. Cidadania é coisa que não se transfere: compete a cada eleitor buscar espaços alternativos de participação.
Quais os compromissos da cidadania? O primeiro deles tem um alcance limitado e local, mas de forma alguma negligenciável. E a pergunta é muito simples: em que maneira cada cidadão acompanha a administração pública de sua rua, de seu bairro, de seu município? Qual o estado da escola local, do sistema de saúde e de segurança, do transporte coletivo e de outros serviços públicos. Em poucas palavras, o Estado, em seus mais variados órgãos e instâncias, se faz presente no cotidiano da vida?
Num segundo momento, e sempre em articulação com o primeiro, faz-se necessário ampliar o raio de ação. Outras perguntas tomam lugar no cenário da atividade política: como se comportam as pessoas públicas eleitas, seja no âmbito do Poder Executivo (municipal, estadual e nacional), seja nas atividades do Poder Legislativo, como vereadores, deputados e senadores? Em geral, no programa do partido notar-se-á sempre uma discrepância entre as “promessas do candidato” durante a campanha eleitoral e a “realizações do político” eleito no exercício do mandato. Até que ponto vai esse desequilíbrio: permanece minimamente suportável ou foi elevado a um grau irreconhecível? Até onde vai a distância entre o “antes” e o “depois” das eleições? Até que ponto o político mantém os pés firmes na realidade social que o projetou ou, ao contrário, criou asas e decolou da vida com seus problemas e clamores?
Por fim, mas não em último lugar, chegamos à tarefa mais exigente da cidadania numa efetiva prática democrática. Além de escolher os candidatos através do voto e fiscalizar a presença (ou não) do Poder Público na vizinhança, todo cidadão tem “o direito e o dever” de acompanhar de perto a ação múltipla e plural do Estado. O que significa participar ativamente das decisões que orientam os destinos do país, especialmente no que se refere a sua política econômica, social e cultural. Aqui a informação e a formação correta exercem um papel de fundamental importância. Em síntese, político representativo, de um lado, e eleitor cidadão, do outro, constituem duas faces da mesma moeda, dois polos da prática política. São portanto indissociáveis, indivorciáveis!
Portanto, não basta o voto puro e simples. Não basta a visita periódica à urna, seguida de um “lava-mãos”: fiz a minha parte, os políticos que façam o resto! Não basta a fidelidade do eleitor. É preciso que o cidadão o seja de fato, assumindo o direito e o dever de exercer a cidadania.
 
Read more